menu-topo

Quando a Tribo ficou violeta e cor de rosa.

sexta-feira, setembro 21, 2018
Agora que a Tribo de verão, a edição número 2, saiu de banca já podemos mostrar algumas das pessoas bonitas que a preencheram.
Uma delas é a incontornável Violeta cor de rosa. Com ela falámos do seu trabalho, de decoração e de misturar tudo isto com a maternidade. 
(..) O fabuloso mundo da Violeta Cor de Rosa

Basta fazer scroll pelo Instagram de Joana Soares para se perceber que há muito talento e cuidado escondidos nas pinceladas, aparentemente, toscas que dá aos seus projetos. Dona de um toque mágico e inspirador, a ex-arquiteta é fã do minimalismo e do “destralhar”. E nós fomos em beber de algumas dicas para vivermos mais felizes, com menos. 
Durante 10 anos dedicou-se à arquitetura de interiores e, depois de uma experiência a solo, proporcionou-se concretizar projetos mais fáceis de conciliar com o seu outro talento: a família. Tudo aconteceu depois de ficar em casa, durante seis meses, com a filha mais velha, que com quase quatro anos, teve um problema de saúde. “Passo a passo fui criando uma lista de como fazer nascer o projeto online. Foi gradual e fui introduzindo novos produtos, aos poucos, consoante a minha inspiração. Como fiz muito projetos de decoração de interiores para quartos de criança reparei que existia uma grande lacuna, decorativa original e com atitude. Tinha que encomendar quase tudo lá fora e isso não fazia sentido.”
A arquiteta acabou a trocar o esquadro pela arte livre do pincel e a capital pela vila onde o mar é mais azul. É na Ericeira que esconde os seus grandes tesouros: o marido, João, as três filhas, Madalena, Violeta e a pequena Olívia (que há pouco veio tornar o retrato de família mais completo) e uma casa que cheira a maresia e a harmonia.
É ali que trabalha, e onde se sente em paz, para poder fazer o mesmo pelos outros. É também onde abraça a missão de criar beleza, simplicidade e facilidade para outros lares, ao mesmo tempo que embala, agora, a caçula da família. (...)

Tribo Magazine
Fotos e texto Rita Ferro Alvim
Design Etc company
Publishers: Rita Ferro Alvim e Mediacamp

Para lerem a entrevista completa, e outras entrevistas dos dois números, ainda podem adquirir os dois números anteriores. É só enviarem mail para tribomag@mediacamp.pt
A de outono está à porta e não vão querer perder a coleção completa.
Espero que gostem!
Sigam a Tribo no Instagram @tribomag







A minha super CHEF e fresca Madalena (Não é colecionável!;))

sexta-feira, setembro 21, 2018
Com o tempo que agora estou em casa, com dois filhos maiores e uma de dois anos, é me difícil controlar tudo.Principalmente quando estou a preparar o jantar. E é nessa altura que as asneiras começam a acontecer por aqui.
Vai daí, andava a pensar como podia trazê-los mais para o pé de mim nestas alturas, sem os pôr a ver televisão ou computador.
Lembrei-me desta solução para entreter a Madalena e tem resultado muito bem.
Pôr uma cozinha para ela na minha cozinha. 
Claro que é preciso algum espaço, mas até com umas panelas eles ficam felizes.
O que é importante é eles participarem (ou acharem que participam).
Às vezes dou-lhe uns legumes para ela lavar na cozinha dela, e com estes bonecos mostro-lhe o legume verdadeiro e ensino-lhe os nomes. Já sabe todos;)
Aqui tinha ido às compras de legumes ao LIDL e amo estas fotos!!!

Esqueçam a história de que é feio brincar com comida. Então com saudável só faz é bem ;)
Por aqui andamos todos contentes com os novos colecionáveis do Lidl. A Chef Marie Fleur, o Chef João Ameixão, o Chef Simão Lima, a Chef Lady P., o Chef Pedro Melancia e a Chef Ana Naz (adoro!!!) são os 6 novos peluches que vêm cativar as crianças para mundo da gastronomia saudável com propostas de receitas fáceis, nutritivas e muito saborosas.
Esta febre saudável que transforma a brincadeira em hábitos alimentares saudáveis. Cada peluche pode ser adquirido com 15 pontos e 2,99 euros. Está ainda disponível o Kit Super Chef (1,99€) que inclui uma caixa para colocar as receitas e um chapéu de Chef para os mais novos confecionarem as receitas saudáveis Lidl com a ajuda dos pais, como verdadeiros Super Chefs.

Há um amor enorme nos cuidados ao nosso bebé. E é recíproco.

sexta-feira, setembro 14, 2018
Agora já deixo a Madalena a brincar no banho com os manos sem preocupações. 
E é aquela altura em que sinto que o meu bebé cresceu e que me chega uma nostalgia gigante.
Para escrever este texto tive de me recordar do dia em que ela nasceu. Do primeiro banho na maternidade. Aqueles bracinhos e pernas tão fininhas. Aquele cheiro. 
De quando os manos a conheceram. Do voltar a sentir dúvidas, mesmo sendo já considerada uma mãe experiente. 
Do chegar a casa com o meu terceiro filho. De como foi crescendo e de como foi bom cuidar dela. Pôr creme, lavar o corpo, sentir aquela pele maravilhosa que um bebé.
Apesar de um terceiro filho trazer com ele uma azáfama boa (e às vezes não tão boa) a parte da pele é algo que guardo com um enorme carinho e prazer.
Há um amor enorme nos cuidados ao nosso bebé. Mútuo. 
Acho que vou sempre recordar este cheirinho, mesmo que agora seja noutros. bebés, que não meus ;)) com uma nostalgia enorme.
Acontece isto com os cheiros mais emocionais. É uma coisa que fica marcada na nossa memória. Esta é tão boa que acho que vou guardar sempre uma embalagem em casa. 
Assinado: Uma mãe nostálgica. ;)
[O que não gosto mesmo de ter dúvidas é nas marcas que escolho para eles. Principalmente quando são bebés.
A pele deles é super sensível. E é bom confiarmos numa marca. Obrigada baby Dove por esta jornada. Vamos continuar por perto porque a Madalena será ainda baby por o tempo que a última filha merece].
#mãesreais #babydove

Regresso às aulas (individual)!

terça-feira, setembro 04, 2018
Uma amiga minha fazia isto e eu roubei-lhe a (boa) ideia. Ir às compras com cada um dos filhos e guardar este tempo e conversas só para ele.
Quem tem mais do que um filho, sente isto com toda a certeza. São raros os momentos individuais.
Talvez porque ame o regresso às aulas e este recomeço cheio de vontade e esperança. 
Quando não há impossíveis e os cadernos estão em branco prontos a serem preenchidos de amizades, sonhos e de motivação. Quando as notas ainda vão longe e todos partem do zero. Quando há reencontros e limpezas de tralhas e de alma. 
E, por isso, as compras do material escolar são feitas um a um, com toda a atenção e conversas sobre o que aí vem, o que é para manter e o que tem de mudar.
É uma sensação tão boa esta dos recomeços. 
Por outro lado, aproveito para trazer umas comprinhas para casa. Não muitas para não fugir do foco, mas os essenciais. E desta vez até pedi ao LIDL para tirar fotos...
 Porque entre os biológicos, o material escolar e a alegria dos meus filhos, [o que está a dar é juntar 3 em 1] algum registo tinha de ficar. Meus ricos meninos, todos contentes. 
E tive sorte porque resolvi toda a lista pedida pela escola aqui. 
A Madalena [está nas fotos mais abaixo] também teve a sua vez e trouxe uma mochila dos seus bonecos preferidos. ;)
E, assim, juntei uma tarefa que podia ser stressante a um momento único e especial de mãe/filho que vou fazer rotina anualmente.
[Só me falta a Maria.] 
Espreitem a felicidade.;)