menu-topo

Onde fica o melhor castigo do Mundo?!

terça-feira, novembro 29, 2011
Podem corrigir-me se estiver errada
mas acho que descobri a pólvora!
Os nossos bebés são uns anjos, já se sabe...
mas às vezes já um bocadinho mais crescidos
começam as ASNEIRAS!

Bater não é nunca uma opção
e mesmo aquela palmadinha-que-nunca-fez-mal-a-ninguém
é SEMPRE de evitar!!!

Os adultos têm a obrigação de usarem a inteligência
e encontrarem formas NÃO violentas
de educar os filhos.

O castigo tem melhores resultados
e é mais amigo da nossa consciência.

Mas onde?!
O local é quase sempre a grande dúvida.
Há sempre um grande dilema a rondar o tema:

ONDE PÔR DE CASTIGO?!

A cama deles é uma hipótese que deve ser imediatamente afastada
e NUNCA pode servir de local de punição.
Depois quem é que os convence
a ir dormir?!

O prório do quarto também deve ser evitado
para que este seja um espaço de diversão e bem-estar
e não um sítio que, enfim...
 lhes traga más memórias.

Sítios escuros, fechados e muito longe
vão deixá-los com medo
e isso vai ter efeitos secundários que NÃO QUEREMOS!!!

E foi aqui que se fez luz!!!
Para Filho esperto, Pai esperto e meio!

FICAS DE CASTIGO...
 NA CAMA DOS PAIS!!!

(Será que alguém já se lembrou disto?!)
É um 2 em 1...
Castigo + Fim das birras para irem para lá à noite.

Mas, atenção!!!
O castigo é SOZINHOS na cama dos pais
para que depois quando NÓS quisermos miminhos
eles não fugirem!

E haverá algum sítio melhor para sermos severos q.b.
mas ao mesmo tempo mostrar
o nosso amor?!



(Inconveniente: Só dá para idades que já não correm o risco de cair!)
Na volta alguém encontra outro ponto negativo, mas...
não estou a ver!!!
AHAHAH
(Riso maquiavélico!!!)
É a última Coca-Cola no mundo dos castigos perfeitos!

Corrijam-me! Estou errada?!


 DICA DE MÃE:
Aprendi que há um tempo para o castigo.
Deve ser cumprido à risca, com um princípio e um fim anunciado pelos pais.

1 minuto por cada ano de vida!

Ou seja:
1 ano = 1 minuto
18 anos = 18 minutos e já não sai à noite! ;)



8 comentários:

  1. Ahahahha! E 4 meses? 4 segundos? É que já há birras!!!
    Adoro a fotografia! Está demais.

    ResponderEliminar
  2. Olha! Parece-me uma boa ideia! Vou experimentar e depois conto! Bjs

    ResponderEliminar
  3. Pois eu estou com sérios problemas quanto aos castigos ! A minha pequena tem 18 meses e faz bastantes asneiras (ok bastantes é pouco) e não é só em casa, age da mesma forma no colégio ! Não há castigo nem palmadinha que valha ! Ela desobedece SEMPRE !

    Já não sei mesmo o que fazer !

    ResponderEliminar
  4. LOLO, claro que vamso seguir o blog!!!
    Ainda não estou na fase do castigo, é mt pequenina e fofa demais.
    Tb tenho um blog que cada vez mais é da minah pequena assim como a minha vida!!
    http://mangaepapaia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Bem,já se sabe que eles passam por cada fase...
    Normalmente é apenas para testar limites.
    Querem ver até onde a nossa paciência consegue aguentar, para saber até onde podem ir.
    E é que conseguem mesmo levar-nos à loucura.
    Mas também me parece que se não fizessem nenhumas asmeiras era de estranhar.
    Devemos ser firmes naquelas regras que têm mesmo de ser e outras vezes temos de engolir SAPOS!!!
    Uma vez disseram-me que não devemos comprar uma guerra que sabemos que não vamos ganhar.
    Por isso, é guardar a firmeza para as coisas graves e as menos graves... enfim... é fechar um bocadinho os olhos!
    A ver...;)

    ResponderEliminar
  6. Rita Vieira Amaral Tomaz30 de novembro de 2011 às 23:01

    Um castigo de "Pensar na vida" não faz mal a nenhuma criança..eu sigo a regra 1 minuto por cada ano de vida! Muitas vezes ela até agradeçe os minutos de "paz interior"

    ResponderEliminar
  7. Também uso 1 minuto por cada ano de vida e digo: é mais que suficiente. O mais velho (7 anos) fica "doente" por ficar 7mn sentado a pensar... Desde que começou a pôr as"manguinhas" de fora a testar cada vez mais a minha paciência e do pai que cumprimos os castigos à risca e os resultados já se notam.

    ResponderEliminar
  8. Eu também uso a regra do minuto por ano da criança. Mas o que fazer quando ela é a própria a dizer que sim quer ir de castigo para a cama dos pais?

    ResponderEliminar