menu-topo

E quando...

terça-feira, agosto 07, 2012
fotografia.JPG


eles querem trazer todos os animais para casa?!
Este é o novo amigo da girl.
Está completamente apaixonada e não percebe porque não veio com ela...
Também já fui assim... Mas agora ocupei o lugar de mãe.
Não há espaço, nem tempo, nem a dedicação que eles merecem.
E por isso ainda me choco, todos os verões, quando estas coisinhas, que achavam que tinham uma família, acabem abandonadas...
Sabiam que muitos animais sai atirados em andamento nas auto-estradas?!
A crueldade...

4 comentários:

  1. É uma crueldade horrivel....e ainda dizem essas pessoas que gostam de animais.....
    Essas coisas tocam-me de uma maneira.....que me tiram do sério...
    O irem de férias e abandonarem os animais ... e outra realidade horrorosa.... o irem de férias e deixarem os idosos (pais ou avós) mas urgências do hospital......no fim é a mesma coisa que sociedade é esta ????
    bem estou a esticar-me com temas complicados

    A girl fez -me lembrar quando eu era pequena a apanhava pirilampos depois do jantar a noitinha e depois punha-os na cozinha com um copo em cima e ficava a ver a luzinha ( a minha Avó dizia que os pirilampos "faziam" moedas ) e no outro dia quando acordava ia a correr a cozinha ver - e lá estava o copo virado de cabeça para baixo com uma moeda de 5 escudos .......que saudades.....



    bjns
    Raquel

    ResponderEliminar
  2. lolo ...este post fez-me lembrar o meu irmão quando trazia os patos bebes, os pintainhos e uma vez até uma pomba ele trouxe porque tinha a pata partida....
    a pior foi quando veio de autocarro de Caminha com um amigo e cada um trazia um cão bebe escondido...
    Um beijinho Rita e boas férias:)

    ResponderEliminar
  3. GRRRRRR que crueldade. Isso só representa o egoísmo profundo do Ser Humano e a banalização do descartável! "Durante o ano dás-me muito jeito, fazes-me companhia mas agora vou de férias e vou-te atirar pela janela do carro." É assim que as pessoas pensam??! Antes de se ter um animal devemos pensar no tempo / disponibilidade, gastos com a comida e veterinário, eles são rebeldes e de vez em quando lá se vai um sapato ou uma arranhadela no sofá, etc... Ah... e se vier para nossa casa um cãozinho (ou gatinho ou o que for) bebé, pequenino, fofinho, amoroso... lembrem-se: eles crescem!!!!
    Obrigada Rita por este post e por tantos outros que me levam a ter cada vez maior consideração pela Rita. Que Santa Rita de Cássia a proteja sempre!

    Beijinhos,

    T

    ResponderEliminar