menu-topo

Um pai não devia NUNCA ter de passar por isto...

terça-feira, janeiro 08, 2013
Esta foto não me sai da cabeça.
O pequenino, que nesta idade já admirava o trabalho do pai
 e mais tarde o seguiu, já não está aqui!
O rapaz que estudava para salvar vidas, viu a sua desprezada, ignorada.
Essa pessoa bebeu, atropelou e não parou para ajudar.
E assim se perde uma vida e uma família que nunca mais será a mesma.
Que ódio, que raiva, que tudo!!!
Aquele menino ali podia ser o meu e esta é a maior dor de todas!
Que estas vidas nos podem ser tiradas a qualquer momento,
mesmo sendo por uma grande estupidez e irresponsabilidade.
Que o João, agora lá de cima, brilhe para os seus pais e amigos
 e que, um dia, haja paz nestes corações.
Que estas imagens sirvam de choque para quem anda na estrada!
Deixo a mensagem do pai que me partiu o coração:

‎"Ontem foi o dia mais triste da minha vida com a estúpida morte do meu querido filho João José, atropelado por uma condutora com uma elevada taxa de alcolémia no sangue, e que fugiu do local sem prestar assistência. 
Quando se perde um Pai ou uma Mãe perde-se parte do passado, mas quando se perde um filho perde-se o futuro. Somos felizmente uma familia muito unida com Fé e com muitos e bons amigos que nos vão ajudar a tentar aliviar o peso desta perda irreparável. O João com a sua enorme alegria de viver e amigo de todos, ficará como o meu Anjo da Guarda para todo o sempre. Muito obrigado a todos os que expressaram a sua solidariedade e amizade em honra do meu querido filho."





22 comentários:

  1. Meu Deus, tou chocada!!! Como e que e possivel alguem fazer uma coisa destas? Como e que se pega num carro depois de se beber? Como?
    So posso desejar força a estes pais e muita coragem para enfrentar esta dor....

    ResponderEliminar
  2. Que horror, nem quero imaginar a dor..que Deus ajude esta familia..

    ResponderEliminar
  3. Pior é que foram encontrar a mulher a dormir dentro do carro a poucos metros e tal era o estado de embriaguez que nem conseguiu fazer o teste do álcool.

    Esperemos que essa pessoa seja punida e BEM PUNIDA. Porque se tal não acontecer, é nestes casos (e falo por mim, tenho um filho de 6 anos e não sei o que faria se tal acontecesse com ele) que só se pode acreditar em justiça pelas próprias mãos.

    Não consigo sequer imaginar a dor destes pais, porque tal como ele diz a lei da vida é ficar sem pais e não sem filhos! :(

    Muita força.

    ResponderEliminar
  4. De facto um pai nunca deveria passar por uma coisa destas... Já me saltaram as lágrimas. O João já é sem dúvida, um Anjo da Guarda. E vai viver para sempre nos corações de quem lhe queria bem!

    ResponderEliminar
  5. Estou sem palavras...Lamento muito.

    ResponderEliminar
  6. A fragilidade da vida deixa-nos sempre desconcertados, fazemos tantos planos, projectamos tanta coisa e depois numa fracção de segundos, a vida altera os planos que tínhamos para nós, ainda é mais brutal quando é por culpa da negligencia de terceiros, da falta de respeito que muitos tem pela vida e que afecta que menos merece...desejo apenas que aqueles pais encontrem o conforto que necessitam para seguir em frente...

    ResponderEliminar
  7. É isto que me parte o coração. Que me faz ficar revoltada, que me faz bater o coração mais rápido... porque sei o que é esta dor, porque sei o que é perder uma pessoa especial. Corrijo: porque sei o que é ver alguém ROUBAR a vida de quem me é especial. e depois? depois temos que ter força, por nós, mas principalmente pelos nossos pais. Fogem-nos os momentos de felicidade plena, ficamos suspensos à espera que esta dor acalme. A dor não acalma e a saudade aumenta. Mas, continuamos a viver. Continuamos a viver (sim, temos dias em que sobrevivemos) por nós e por eles. E um dia somos nós que viramos pais e mães. E hoje dói-me, ainda mais, o coração. Não quero que o meu príncipe me seja 'roubado' como o tio foi. Não quero que nenhum príncipe ou princesa seja roubado..não quero mesmo.
    Não resisti ao desabafo.. Que os pais do João José consigam viver, consigam rir e consigam continuar a sentir o seu João SEMPRE por perto..

    ResponderEliminar
  8. </3 Muita força aos pais e que Deus os ilumine

    ResponderEliminar
  9. Fazia serviço em que hospital Rita?

    Que descanse em paz..

    ResponderEliminar
  10. É uma grande revolta mesmo....
    e uma dor maior ainda.....
    e agora que sou Mãe estas coisas ainda
    custam muito mais ......
    E o João era um grande amigo do meu primo
    Henrique desde pequenino até agora.......
    e custa ver a dor dele de ter perdido um
    grande amigo.....nem imagino a dos Pais


    Raquel

    ResponderEliminar
  11. O João era estudante de Engenharia Civil na mesma faculdade que eu, e digo lhe que foi com imenso pesar que soubemos desta trágica notícia.
    Como é possível alguém levar uma vida assim?
    No primeiro dia do ano alguém o levou, horas depois de ter desejado e feito planos...

    Esteja onde estiver, que esteja em paz.

    ResponderEliminar
  12. Muita paz para a família do joao

    ResponderEliminar
  13. Um grande beijinho para a Dra. Maria Joao Clode

    ResponderEliminar
  14. Paz à familia do João.

    Esse diabo de pessoa devia apodreder na prisão. Que revolta!

    ResponderEliminar
  15. muito triste...tambem tenho duas filhas e para mim seria o fim do mundo, mas nao descansava enquanto nao encontra se esta pessoa...

    ResponderEliminar
  16. O João estudava na mesma faculdade que eu estudo, em Engenharia Civil. Nem queria acreditar quando recebi aquele e-mail a dizer que perdemos um colega, um elemento da FCT, o pior foi quando vi as notícias e juntei as peças... Não há palavras, não é justo, não sei o que dizer :(

    ResponderEliminar