menu-topo

Cavalo... Isso é um luxinho!!!

terça-feira, fevereiro 26, 2013
É que se não andarmos a comer ratazanas, gatos,
porquinhos da índia, e outras espécies, já acho uma sorte!
E estes nem sabemos o que comem.
Tenho é pena dos cavalos que gosto mais de vê-los a correr
que numa bandeja com batatinhas a murro.
Achei uma loucura quando se alteraram
contra o Secretário de Estado da Saúde
por dizer que nós tínhamos de
atarmo-nos todos de cabeça para baixo e lamber o chão
 prevenir doenças...
Ahhhhh!
Que coisa estranha?!
Mas e não temos?! Não é essencial cuidarmos da nossa saúde,
fazer exercício,
uma boa alimentação, e outras práticas saudáveis?!
Às vezes- muitas vezes devo dizer-vos -
acho que sou uma estranha e que, dramas de uma sociedade
são para mim, aspectos básicos do dia-a-dia.
Por exemplo, hoje demorei um pouco mais a escolher o peixe.
Vou mesmo à peixaria do supermercado para ter o mais fresco possível.
Falo imenso com as senhoras e pergunto o bê-á-bá
de todas as raças que ali andam.
Sou uma nódoa a escolher peixe e carne...
De uma oferta gigante que ali estava só dois eram de mar,
tipo mar verdadeiro, sim.
O que nós comemos hoje em dia são clones de peixe.
Não sei se é pior ou melhor, subtraindo a poluição,
mas parece-me (parece-me...) que comermos seres que
já nem acasalam e que os ovos são fabricados em laboratório...
Não sei, parece-me um bocado artificial
mas se calhar já vamos tarde demais para salvar a Terra.
Se tiverem paciência encontrei este artigo que me deixou
um bocado assustada com o mundo em que vivemos e, sobretudo,
imaginar que sítio será este onde os nossos netos vão viver
e que legado lhes estamos a deixar...
É literalmente um presente envenenado este Planeta!
(E vejo logo máscaras e aqueles fatos contra tudo e
a alimentarem-se, tipo astronautas, de comprimidos)
Se por um lado, no artigo diz que a aquacultura
cria seres estranhos, que os peixes são as novas galinhas do mar,
e que, às vezes, até se conseguem tamanhos de porcos, e que metem milhões de peixes num espaço onde nadariam dois,
por outro, também diz que os Oceanos estão
saturados, poluídos, que o homem só dá mais cabo deles com a pesca.. e que é a aquacultura que nos vai salvar.
(E eu que vi "A Lagoa Azul" um milhão de vezes...)
Enfim, um tema sério - talvez seca para vocês - mas que me chateia à brava!
Ser mãe tem esta responsabilidade gigante de decidirmos
o que é o melhor para os nossos filhos.
Esse é o grande desafio. Tomar a medida certa.
Ora que - ouvindo o meu instinto
e a senhora da peixaria - trouxe desta vez um Pargo.
Não chegou a 4 euros,
mas este parguinho já conheceu o mundo como devia,
e agora vai descansar em paz.
Depois vou alternando e assim só erro sempre 50%!
Se forem aqui à página da ASAE
podem ver a rolar em cima o comunicado 3 da carne de cavalo
que apanhou já avançou com 5 processos crime
e apreendeu 79.000 kg de carne...
Coisinha pouca!!!


Sem comentários:

Enviar um comentário