menu-topo

Ela gostava deste blog.

segunda-feira, outubro 14, 2013
Há quem não se dê bem com a sogra.
Eu tinha duas e adorava. A verdadeira, mãe do meu marido, e a "emprestada", mulher do meu sogro.
E eu não sou pessoa de não me envolver.
Assim foi com ela. Chegou e devagarinho foi fazendo parte da minha vida, das minhas partilhas, do meu dia-a-dia.
Espreitava este Cantinho e comentava o que achava. Normalmente, acho que o que sentia era orgulho. 
Sei que gostava que eu falasse agora dela aqui. 
Faz parte da minha vida.
Aos meus filhos chamava netos e tomava conta deles como se fossem mesmo.
Era "só" a mulher do meu sogro. Isso não dá grande privilégio. Nem para explicar no trabalho, nem para as visitas do hospital. Mas para mim, era isto.... família. 
Era a pessoa com mais energia que alguma vez conheci.
Sempre cheia de projetos e ideias. Corria atrás. A Ana nunca poderia viver doente.
Não tinha tempo para isso.
Foi no dia 13 de outubro, dia de Nossa Senhora, dia em que tive o feeling que ela tinha mais que fazer do que estar numa cama de hospital.
Onde estiver, já está tudo de certeza organizado à sua imagem.
Na lista dos meus heróis, ela ocupa os lugares de topo. E era esta a homenagem que lhe queria prestar para agradecer, um dia, eu ter ganho uma outra sogra.
Vai fazer-nos (mesmo) muita falta. 

15 comentários:

  1. Pronto, acabou o sofrimento, que fiquem as memórias e uma saudade imensa que vos vai aquecer o coração!
    Beijinho para todos, sentido.

    ResponderEliminar
  2. Não está a ser um ano muito fácil para si pois não? *** Força!

    ResponderEliminar
  3. Muuuita força! Esta luta desigual é terrível!
    Um grande beijinho Rita***

    ResponderEliminar
  4. Rita ,

    Sei tão bem o que sente ....
    é um enorme vazio ...

    um grande beijinho com todo o meu coração

    Raquel

    ResponderEliminar
  5. lamento imenso. tenho a certeza que ela ir ler isto e sentir-se-á orgulhosa.

    ResponderEliminar
  6. um beijinho do coração Rita.
    e a única forma de mantermos para sempre vivos aqueles que amamos é falarmos deles.
    recordá-los cada dia.
    . margarida .

    ResponderEliminar
  7. Força Rita! um beijinho grande para toda a familia*

    ResponderEliminar
  8. Rita:
    Lamento imenso!

    Muita Força...

    'jinhos,
    Marta Cruz

    ResponderEliminar
  9. Meus sentimentos!
    Muita força e luz para seu caminho!

    ResponderEliminar
  10. Muita força! :´)

    pequenaflordemaracuja.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. Bonita homenagem Rita!
    Um beijinhos grande,

    Leonor

    ResponderEliminar