menu-topo

Não, não lhes dei Atarax...

segunda-feira, novembro 11, 2013
A coisa mudou lá por casa.
Nem queria falar muito deste tema para não agoirar mas vocês querem saber...
A verdade é que ganhei uma nova vida.
Os meus filhos passaram de galos madrugadores a koalas preguiçosos sem eu perceber porquê.
Vai fazer 5 anos, desde que a minha cama e eu passámos de estar:  Numa relação para: É complicado.
Começou levezinho na gravidez, teve um pico dos 8 aos 9 meses e a partir daí foi o descalabro.
Do início das 3 em 3 (freakin) horas, para dormirem a noite toda mas acordarem a horas pornográficas, até conjugar os dois sonos de idades diferentes que nem sempre batiam certo, até - cereja no topo do bolo - começar a acordar para trabalhar às 5h30.
Ainda estou a precisar de ser beliscada, e acho mesmo que podem ainda ser resquícios da mudança da hora, da lua, das marés (sei lá...) mas agora temos de os acordar!
Estou muito a querer acreditar que é da idade. Que finalmente não vou fazer horas até que esteja dia para irmos aos baloiços. Que estou a receber de volta o karma de dar o meu melhor enquanto mãe.
Obrigada Universo. Desejo o mesmo para todas as mães do mundo! ;)


O Socorro! Sou mãe... também está no Facebook



8 comentários:

  1. Eheheh... por aqui o baby de 7 meses porta-se muito bem: das 20h às 8h00, com raras interrupções para pôr a chucha (mas muito raras)... mas, quando me dizem "ai que sortuda que és" costumo responder "Uii... a procissão ainda vai no adro!!!"

    ResponderEliminar
  2. Eu também tive imensos problemas. Durante 18 meses não tive uma única noite de sono. Uma noite decidimos aplicar o Método Estivill. Parece magia, mas, a partir dessa noite, passou a adormecer sozinha e nunca mais acordou (a não ser quando está com virose). Bendito Dr. Estivill. :)

    ResponderEliminar
  3. Não sei bem porquê (e espero que assim continue), mas ultimamente o Baby Boy também fica na preguicite. E que jeitaço que dá! Durante as manhãs consigo arranjar-me sem stress e ao fim de semana sabe tãoooooo bem!
    A lua, as estrelas, as marés, o que quer que seja que fiquem assim durante muiiito tempo :)
    Da minha pequena experiência como mãe.....é aproveitar enquanto dura!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Por cá desde o rompimento dos dentes que tem sido caótico! Há dias em que pareço uma verdadeira zombie... Os mais velhos dormem a noitinha toda e não dão qualquer tipo de trabalho, agora o pirralho pequeno está terrível :-(

    ResponderEliminar
  5. Olá Rita!
    Sempre soube que era uma felizarda neste aspecto, o meu filho sempre foi muito dorminhoco e sempre tive que o acordar para beber o leitinho, desde que nasceu (se não dormia a noite toda!). Hoje, com um anito, deita-se por volta das 21h e acorda entre as 7h e as 9h, e raramente acorda a meio da noite (principalmente depois do biberon das 00h).
    Espero que os seus pequenos não voltem a acordar assim, com ;) as galinhas (mas parece ser lei universal que acordem sempre mais cedo ao fim-de-semana).
    Beijinho e boa semana. :*

    ResponderEliminar
  6. É o inverno e o quentinho da cama. ;)

    ResponderEliminar
  7. uiiiii ...este post é uma luz no fim do túnel para mim! há esperança!!! há quase 4 anos que não sei o que é passar das 7!!!! e acordar várias vezes durante a noite!!...

    beijinhos e parabéns pela conquista...

    Inês

    ResponderEliminar
  8. Haja esperança! Eu já tenho os babies a dormir quase 7h seguidas por noite o que para mim já é um sonho (uma vez que ainda têm 3 meses e uma semana). Vamos ver se não vou "agourar" com este comentário :)
    Joana - www.lovelab1.blogspot.com

    ResponderEliminar