menu-topo

Amei este...

terça-feira, fevereiro 18, 2014
texto!
{Não amei só. Ameeeeeiiiiiii!!!}
Sobre deixar de trabalhar por um filho.


7 comentários:

  1. Fabuloso! A vida é mesmo isto! Parabéns pela partilha :-)

    ResponderEliminar
  2. Adorei o texto, emocionei-me, mas por muito que tenha vontade de ficar em casa com eles, de os acompanhar mais, eles são 3 e eu apenas uma... Como faria para os alimentar, para pagar as despesas normais de 3 crianças e 1 adulto? Tento compensá-los de outras formas, acompanhando-os nas suas actividades de fins de semana, fazendo questão da hora do mimo depois dos dentes lavados, mesmo que tenha levado trabalho para casa.... Eles compreendem, mas a mim custa-me a aceitar... e há algum tempo que esta "luta" de sentimento de culpa por não conseguir estar mais presente é uma constante. Vou-me aguentando com um sorriso e boas energias, porque sim!
    Nao tenho medo de trabalhar, para além de ser marketeer das 9h às 18h (e por vezes pela noite dentro), também vou fazendo artesanato para ajudar nas despesas, ou pelo menos minimizar nas prendas de aniversários dos amigos/as :)
    Sou feliz, muito feliz com o que tenho, apesar das lutas interiores, apesar da luta constante.

    Um beijinho Rita pelo excelente trabalho!

    ResponderEliminar
  3. Um excelente texto, com o poder de nos acordar.
    A noção de prioridade e do que realmente importa não é de todo a mesma para nós e para eles.

    Muito bom. Despertador!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  4. Ameiiiii, sem palavras! Como eu gostaria de poder fazer o mesmo, mas é que em Portugal, a trabalhar, já vivemos no limite. A trabalhar já não dá para comprar uma prenda porque mereço, um bom vinho para relaxar ou fazer uma bela viagem de férias. Em Portugal já se atingiu o limite e se a trabalhar já não podemos fazer isto, então, deixar de trabalhar seria impensável. Lá está, tento compensá-los de outras formas, como um jantar feito em conjunto, a pintar narizes, as atividades de fim de semana...mas acho sempre que faço pouco, queria dar mais...mas não dá! mas dou graças a deus pelo que temos e pelo que podemos fazer juntos.!!! mas é u mtexto lindooooo

    ResponderEliminar
  5. Com toda a legitimidade! Obrigada por esta partilha maravilhosa!

    ResponderEliminar
  6. Muito bom! Eu sou Advogada e deixei de exercer "à séria" quando fui Mãe. Hoje são já 3 e sei que foi a decisão certa.

    ResponderEliminar
  7. Muito bom este texto. Fiz o mesmo por meus 03 filhos no final do ano 2013 e já estou sendo muito feliz.

    ResponderEliminar