menu-topo

Da gripe.

sexta-feira, fevereiro 14, 2014
Primeiro eu. Depois o boy.
Mas girl, sã, também se juntou solidária cá em casa. Não tive coragem de a pôr na escola porque me pediu imenso para ficar.
Ou seja, loucura!
Pegam-se a toda a hora, a casa não está direita mais de 2 minutos, fazem birras, brincam, fazem castelos e puzzles, riem à gargalhada, choram, falam altíssimo, não se calam um segundo, discutem por tudo e por nada, agarram-se e brincam aos bebés, fazem queixinhas.
Apesar de tudo, estou viva adorei. É raro estarmos assim tanto tempo em casa. Andamos sempre em programas, ou nos baloiços, ou no campo, e falta tempo para os ver assim. 
No seu ambiente, a terem de brincar com os seus brinquedos, a pintar - a impressora e o Google têm sido os meus melhores amigos - muitos puzzles, e tudo o que os afastar de coisas que se partam, das migalhas por toda a casa, e dos gritos. (Ai os gritos!)

Sem comentários:

Enviar um comentário