menu-topo

O método mais fofinho no nascimento: O canguru!

quarta-feira, fevereiro 26, 2014
O método canguru (eu chamo-lhe mágico) foi inventado recriado pela primeira vez na Colômbia para resolver a falta de incubadoras. E depois revelou-se um milagre em tantas outras coisas.
A ideia que expliquei aqui  é mal o bebé nasce - o mais depressa possível - pôr o bebé no nosso colo, deitado sobre o peito, sem roupas entre nós.
Em primeiro lugar é tudo o que a mãe mais quer. Abraçar o seu bebé e não o largar mais. E se a natureza diz, a natureza manda. (No mundo ideal o bebé deve estar mamar nos primeiros 30 minutos de vida.)
Mal acabem todos os exames, limpezas, etc que as equipas têm de fazer - parece uma eternidade - exijam o vosso bebé.
Depois é pele-com-pele. Assim diz o método Canguru.
Querem saber o que faz?
  1. Promove a amamentação
  2. Diminui as infeções
  3. Diminui o tempo na incubadora (se for caso disso)
  4. Promove vínculo bebé/mãe (ou pai, ou outro familiar) 
  5. Ajuda a ganharem peso (estão mais perto da maminha)
  6. Melhora os sinais vitais, o sono e a respiração porque "sincronizam" com a da mãe
  7. Ajuda na temperatura, a mãe consegue perceber se estão muito quentes ou muito frios
  8. Acalma a dor (também tem a ver com a hormona do bem estar)
  9. Diminui a mortalidade
  10. Faz crescer o amor, descer os babyblues e as depressões pós-parto
Podem ver aqui as fases da primeira hora de vida.
Enfim, se isto não é magia da pura, o que será!?

Siga o Socorro! Sou mãe... e o Crush no Facebook e no Instagram

4 comentários:

  1. Eu tive a sorte de fazer o método canguru numa instituição pública do nosso sistema nacional de saúde. Quando o meu filho nasceu não o limparam, não fizeram exame nenhum, não puseram fralda nem gorro. Veio para cima de mim e lá ficou cerca de uma hora e começou a mamar sozinho. Não imagino melhor começo de vida.
    Num parto normal, com um bebé com APGAR normal, não há razão nenhuma para não se fazer o método canguru.

    ResponderEliminar
  2. Eu fiz muitas vezes o método do Canguru porque o meu filho mais velho nasceu muito prematuro e posso dizer que eu ansiava por aquelas (poucas) horas em que ele podia estar juntinho a mim fora da incubadora, pele com pele... Quando eles estão na incubadora é difícil sentirmo-nos Mãe porque tudo é feito pelas enfermeiras e através de dois orifícios nas incubadoras... Assim que eles vêm para o nosso colo (inesquecível o primeiro colo de 2 minutos apenas) começamos a sentirmo-nos mesmo, mesmo Mãe daquele ser tão indefeso! O melhor do mundo!

    ResponderEliminar
  3. Acho maravilhoso. Temos ainda tanto a aprender e a implementar. Maior humanização do parto é necessária!

    ResponderEliminar
  4. Confesso que fiquei tristíssima por não o ter feito logo a Clara ter nascido! Tive direito apenas a dar lhe um beijo :( só a vi como deve de ser passado uns minutos e só pegou a mama quase no dia a seguir! .. É um momento mt marcante para quem ainda terá essa oportunidade que peça :) eu acho que também parte da equipa medica proporcionar-nos isso! Mil bjos

    ResponderEliminar