menu-topo

Tira teimas!

sexta-feira, junho 20, 2014
Ela quer ficar sem franja e comprimento estilo Rapunzel.
Eu adoro a franja e permito (já em grande favor) comprimento Bela.
Quem ganha?

10 comentários:

  1. As minhas têm as duas o cabelo comprido (ate pouco mais de meio das costas) e sem franja. Há pouco tempo deixei as duas no cabeleireiro com o pai e quando voltei a mais nova tinha uma franja pelo meio da cara, eu ia tendo um ataque, literalmente. Eu fui uma daquelas crianças que usou o cabelo com a sua menina tem na foto e acho que me ficou o trauma até ao fim dos dias.

    ResponderEliminar
  2. Acho que de qualquer maneira, ela vai ficar linda!!
    Mas porque não fazer-lhe a vontade? :)
    Muitos beijinhos e um excelente fim de semana
    Maria João

    ResponderEliminar
  3. Cedes tu na franja e ela cede no comprimento..... Boa?

    ResponderEliminar
  4. ela!!! ... ehehheheh ganham sempre!!! ...mas uma vez para experimentar não custa! ...depois dá sempre para voltar ao inicio ( graças a Deus!)

    ResponderEliminar
  5. Conheço varias amigas que tiveram estilo rapunzel a infancia inteira, e hoje adultas tem um apego enorme pelo cabelo, a ponte de chorar se o corte nao ficar bom. E quando falo corte, me refiro aos 2 cm que no maximo elas cortam. Eu tive cabelo chanel com franja quase toda infancia. Hoje sou super desapegada. Corto, pinto, nao tenho medo de mudar. Cabelo cresce, minha filha vai manter o chanel por bastante tempo.

    ResponderEliminar
  6. Os cabelos compridos estão muito na moda.
    Lá em casa temos a regra de que quem quer ter cabelos compridos tem de os tratar convenientemente (as minhas meninas têm 12 anos). Isso implica escová-los devidamente, lavá-los, aplicar amaciador nas pontas e usá-los presos quando tal é necessário.
    De resto quando lhes corto o cabelo tenho isso em consideração (Sim, porque sou eu que lhes corto o cabelo).
    Acho que dependendo da idade das crianças e destas condições acordadas, usar franja ou não, deve ser deixado à consideração delas...

    ResponderEliminar
  7. Eu penso que deve deixar à consideração da pequena...Tenho trauma até hoje com cortes de cabelo, franjas e afins...devido a coisas dessas na infância, obrigavam-me a ter o cabelo curto e com franja... tal como se vê na foto da menina. De qualquer das formas, boa sorte na decisão ;-)

    ResponderEliminar
  8. Faz como ela quiser... Apesar de ficar muito querida como está.

    ResponderEliminar
  9. eu cortei franja á minha e adorei, mas ela ficou de tal forma trauma, que ad vamos cortar o cabelo ela faz me uma fita que não quer cortar franja! prometi-lhe que não voltava a cortar sem a autorização dela e sabes que mais? é muito mais pratico! ela põe ganchos ou bandolete, rabo de cavalo e fica muito mais gira e feliz! sente que é ela que decide e realmente andar sempre a cortar é uma seca, e aquela fase que não esta comprido nem curto é horrivel! eu VOTO sem franja e á Rapunzel!

    ResponderEliminar