menu-topo

6 razões egoístas para abraçar uma vida simples

segunda-feira, agosto 18, 2014
Se por um lado o consumismo ganha força, por outro, já muitas pessoas perceberam que as coisas empatam, distraem e retiram concentração para o que realmente interessa.
Como li aqui neste blog que sigo e adoro, privação não deveria ter um sentido negativo. Negativo são os excessos ou os supérfluos. Comprarmos menos, rodearmo-nos de sentimentos e momentos, experienciar.
 É aqui que tiramos o melhor da vida. Que preço tem um pôr do sol, uma boa companhia, uma boa conversa?! Quanto dávamos para ver crescer os nossos filhos, registar aquela gargalhada, beijá-los todas as noites?!
Tudo isto é de graça. O melhor do mundo é-nos oferecido de bandeja. O resto serve para a vaidade, para ganhar pó ou nos retirar tempo para o que realmente interessa: viver!
Não é não comprar de todo. Claro que não! {Que mãe resiste a umas roupas giras, a programas diferentes, etc, etc...}.  Mas é comprar com consciência. O que faz falta, o que é mesmo preciso, e aquele espaço para a estética, a beleza, o ambiente, a decoração... o nosso estilo e o nosso bem-estar geral. Aproveitar os saldos, herdar, reciclar, passar para outros... Tudo resto, out!
Traduzi estas 6 razões e acrescentei umas coisas da minha visão. Aquelas que quero pôr no frigorífico para ler e reler todos os dias da minha vida. Para o meu caminho egoísta para uma vida simples. Espero que também vos inspirem.
6 razões egoístas para abraçar uma vida simples

1. Descubra o que é o mais importante para si

A essência da vida simples quer abraça-la e ao que é importante para si. Para limpar a desordem da sua casa, e da sua vida, e agendar é preciso identificar os seus objetivos. É preciso alimentar o essencial e soltar o desnecessário. Quanto mais simplificar mais perto fica de chegar à sua essência. Ao invés de perseguir freneticamente infinitas possibilidades, você vai ser capaz de se concentrar mais intensamente em alguns objetivos-chave.

2. Gaste menos tempo a limpar, a organizar e a reparar

É simples. Quanto menos posses que você tiver, menos precisa para limpar, organizar, reparar e substituir.

3. Fortaleça relações

Uma vez que perceba que há mais vida do que o que possui, vai encontrar mais tempo, energia e espaço para se dedicar a relacionamentos.  às vezes é preciso desligar as distrações e concentrar-se em estar presente. 

4. Ganhe competência e confiança

Uma grande parte da vida simples é aprender a viver sem, dar a volta e criar. Em vez de adquirir bens materiais, pode adquirir habilidades práticas. Por exemplo, ser capaz de transformar apenas farinha, água e um pouco de sal num pão delicioso nutre mais do que apenas a dieta de família. E há tanto para fazer...

5. Seja mais saudável

Andar atrás de uma vida mais simples automaticamente alimenta saúde. Evitar produtos químicos tóxicos, comprar local, comer menos carne, sempre que se possa andar a pé ou de bicicleta em vez de conduzir, diminuir embalados e alimentos processados​​, tudo contribui para uma maior saúde. Jardinagem e culinária também oferecem uma fonte de relaxamento e acrescentam significado às nossas refeições. Aproveite a natureza, ande na rua, faça passeios, conheça a sua terra. Menos tablets, canais cabo, plasmas, ultimas gerações. Mais vivências reais. 

6. Aprenda a ser mais grato e generoso

Para se contentar com menos, você precisa aprender a ser grato pelo que você tem. Praticar a gratidão faz-nos realmente mais felizes e saudáveis​​. Como um bónus, você percebe que tem mais do que suficiente, e que tem tem mais para dar. Seja uma colaboradora criativa, em vez de uma simples consumidora. E isto também vai ser bom para o meio ambiente e para tornar este nosso planeta melhor!

6 comentários:

  1. Lamento.... mas isto é tudo muito bonito, mas é para quem tem dinheiro que chegue!!!!
    Quando o que recebemos ao fim do mês não chega para pagar a renda, água, luz e colégio......não há cá escolher as coisas simples da vida que são grátis!!!
    Quando o salário não chega, não há tempo para ver o por do sol porque se chega a casa bem depois das 20h porque se esteve a tentar arranjar mais uns trocos com um segundo trabalho....
    Quando o salário não chega, não se aproveita o tempo com os filhos, porque é preciso lavar e passar roupa que se lava constantemente porque não há outra.....

    E por aí fora..... e principalmente.... não se aproveita o tempo com as crianças, porque não se dorme de noite e andamos tipo zombie a tentar sobreviver .....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devagarinho vão se tomando algumas opções.
      Claro que não se vive num mundo cor de rosa. Mas isto serve para nos inspirarmos.
      Para tentarmos uma vida melhor. Por exemplo, os meus filhos vão sair do colégio e passar para a pública. A minha filha já este ano, ele não porque não tem idade. E podemos praticar o minimalismo em muitas outras coisas. Os fins de semana também são bons para sermos, em vez de termos.
      Um beijinho enorme.

      Eliminar
    2. Obrigada pelo beijinho, que também devolvo...
      E peço desculpas pelo desabafo.... mas é muito duro!!!
      Felizmente eu já consegui dar a volta, mas.... emigrei!
      E mais uma vez, isto das coisas simples.... quando falta algo fundamental, o resto não se consegue aproveitar.... eu agora já consigo pagar as contas, mas faltam-me as minhas pessoas aqui.....
      No fundo, no fundo, o que eu queria era apenas conseguir usufruir verdadeiramente daquilo que a Rita aqui fala.... e ainda não consegui e é por isso que fico assim amarga!
      Perdoe-me..... lá chegaremos!
      Beijinhos para si e para o pequenos!!! (Que valem muito a pena!!)

      Eliminar
    3. Oh.. claro que sim. Gosto muito da sua visita. :)
      E é isso, lá chegaremos... E por isso às vezes sabe bem ler algumas palavras, para nos focarmos nos nossos objectivos. Um beijinho gigante <3

      Eliminar
  2. Nem tudo são escolhas fáceis e não há decisões perfeitas, há um caminho q podemos fazer o melhor possivel e acima de tudo com consciencia das nossas escolhas. Beijinhos Rita. Fez muito sentido...

    ResponderEliminar
  3. Adorei! E subscrevo! Excelentes desafios diários e constantes..."O caminho faz-se caminhando..." Obrigada pela partilha e beijinho:)

    ResponderEliminar