menu-topo

Movimento destralhar! #O quarto dos miúdos

terça-feira, agosto 19, 2014
Tenho andado a tentar, em tudo na minha vida, a técnica do desapego. O " detachment" material, porque as emoções quero completas e repletas.
ontem falei mais ou menos disto e não fiquei pelas palavras. Estas férias tinham a promessa de uma reviravolta em casa, torná-la ainda mais prática, branquinha e apetitosa. Claro que com os miúdos em casa foi impossível, mas ontem arregacei mangas e entrei pelo quarto deles qual furacão.
Desde bonequinhos promocionais e que não servem para nada, a peluches de bebés, a bonecos sinistrados ou mesmo torturados, foi tudo...
Tinha há uns tempos comprado duas arcas. Uma já está montada e pintada de branco, falta a outra. Uma fica para ele, a outra para ela. Ainda existe um módulo de arrumação com caixas do Ikea. Lá moram agora os brinquedos adequados a esta idade, os que se mantêm inteiros e interessantes. Muitos foram para o lixo, outros vou dar aos primos mais novos, outros foram para meninos que não têm muito, e outros vou levar a uma loja de segunda mão. Ontem foram os brinquedos, hoje as roupas, depois passo para mim e para a casa em geral. Sem perceber fui institinvamente seguindo as regras do "detachment". Porque afinal, a técnica do desapego existe em todos nós. Basta meter mãos à obra. Vêm comigo neste movimento destralhar?

20 formas de manter simples o quarto dos miúdos
1. Identificar o importante
O primeiro passo para ordem é identificar quais os brinquedos verdadeiramente importantes para as crianças. Ao que eles brincam, o que eles gostam? Em seguida, é livrar-se de grande parte do resto que não entra na categoria anterior.
2. Limpar a fundo
No princípio, se juntamos um monte de "lixo", vai ser preciso uma boa limpeza. A maneira de fazer é bloquear a entrada no quarto e arregaçar mangas. Comece por uma área ao mesmo tempo: uma gaveta, uma secção do armário, uma prateleira. Retire tudo, faça uma pilha, volte a seleccionar o essencial. Limpe o espaço e volte a colocar no sítio ou coloque no novo espaço que criou. Ponha o que é para doar, para lixo ou para vender em caixas separadas.
3. Deixe espaço
Não tente encher cada área, gaveta, prateleira ou armário ao limite. Permita que haja algum espaço ao redor dos objetos. É muito mais bonito, e deixa espaço para um par de itens extra mais tarde, se necessário. E espaço para brincar que afinal é mesmo o mais importante.
4. Conter
A chave é a de conter a desordem criança. Deixá-los a manter as suas coisas nos seus quartos era o céu. Para isso eles precisam de espaço para as suas brincadeiras, para deixarem as nossas zonas em paz. Ou em semi paz.
5. Caixas
Dizem os especialistas que são o melhor tipo de recipientes para material de miúdos, em geral. As caixas ou cestos. A chave é tornar mais fácil para as crianças (e para si, claro) para "atirar" o material, tornando a limpeza simples. Escreva em cada caixa, se possível, o tipo de material que vai para lá (Blocos, animais, Legos, Barbies). Se o seu filho não sabe ler, utilize etiquetas de imagem.
6. Uma casa para tudo
Ensinar as crianças que os seus brinquedos têm uma "casa". Isto significa que, se eles vão arrumar um brinquedo, eles devem saber onde é a sua casa e colocá-lo lá. Se eles não sabem onde a casa é, têm de encontrar um lar para o brinquedo e colocá-lo a partir dessa altura. Na verdade, este é um conceito útil para os adultos também. Ajuda a manter as coisas organizadas.
7. Organize de igual para igual
Tente manter as coisas similares organizadas em conjunto. Um cesto para peluches, outro para material desportivo. Isso torna mais fácil de todos se lembrarem dos sítios. A mesma coisa com as roupas: pijamas, camisas, calções, calças, etc...
8. Um lugar para trabalhos escolares
Não só os adultos têm de ter o seu espaço para papelada (semi)organizada, como eles também devem ter o seu cantinho criativo. Pode pôr um calendário, um mapa, etc... canetas, lápis e tudo nos seus sítios. Adoro esta ideia e acho que vou levar para casa em branco para pendurar na parede.
9. Ensine-os a limpar 
Ahhh aqui está o grande desafio. Na verdade quase sempre temos de estar ali com eles ou arrumar depois à nossa maneira, mas nada como eles irem interiorizando a coisa e aprendendo de forma leve e alegre a arrumar. Um dia lá chegaremos.... ;)
10. Permitir-lhes confusão
A bagunça faz parte e é boa. A sério. Vá relaxar e no fim arruma-se. Não vale a pena andar de 5 em 5 minutos a refilar. Dê-lhes espaço para brincarem e no fim diga que os ajuda a pôr tudo em ordem.
11. Travão ao Natal e aos anos
Quando entra material novo, obrigue-se a encarregar-se de novo destino para o antigo. Dar aos pobres é sempre a melhor "lição". Dê a dica aos avós, tios, etc do que é preciso e do que só vai encher e acumular. Com calma para ninguém se ofender.
12. Destralhe regularmente
Todo os meses devíamos destralhar.  Ponha um lembrete no telefone. Acumular dá sempre mais trabalho.
13. Menos é mais
Ensine as crianças que não precisam ter enormes pilhas de coisas para serem felizes. Na verdade eles não vão brincar com tudo porque não há horas suficientes no dia. Com menos coisas, eles podem encontrar tudo mais facilmente e podem possuir material de qualidade. E também é mais fácil voltar a arrumar.
14. Vá para a qualidade
Em vez de ter uma enorme pilha de lixo barato, escolha brinquedos de qualidade ou coisas que vão durar muito tempo. A madeira é melhor do que o plástico, por exemplo. Os brinquedos clássicos são muitas vezes melhores.
15. Aprenda a aceitar 
Você nunca vai ter uma vida minimalista com crianças. Tem que aceitar isso. Eles são collectors por natureza. Temos sempre de os travar.
16. Compre menos
Reduza drasticamente a quantidade de coisas que compra para seus filhos. É difícil resistir quando eles entram numa loja, mas então reduza as idas à loja. Não é privá-los completamente, mas também não estragá-los. No Natal, por exemplo, opte por uma boa coisa, em vez de um monte delas.
17. Limpe por onde passe
Tirando o quarto deles, o que está desarrumado vá pondo calmamente em ordem. Apanhar um papel do chão não custa, e assim vai diluindo o trabalho... Eles também!
18. Limpe rápido antes de dormir 
É só uma geral antes de ir para a cama. As manhãs tornam-se mais agradáveis.
19. 30 minutos
Limpezas de 30 minutos aos sábados e domingos. Ponha o temporizador e todos têm de limpar neste tempo. É um desafio, é uma brincadeira e resulta! O resto do dia fica livre para a diversão.
20. O tempo de preparação
Prepare o seu dia e as suas tarefas. Almoços, roupas, ou o que for necessário para o esse dia. Isso significa que temos de nos organizar para os dias de ginástica, natação, os lanches ou outras atividades do dia.

Post inspirado e adaptado daqui!
Foto A cup of Jo

O Movimento Destralhar continua....



Siga o Socorro! Sou mãe... e o Crush no Facebook e no Instagram

3 comentários:

  1. Adorei e estou a procurar fazer o mesmo, aos poucos...Obrigada pela partilha e pela sintonia...Beijinho:)

    ResponderEliminar
  2. I'm in... aliás, foi o verbo que mais pratiquei nestas férias... consegui finalmente arrumar o meu armário da sala (que era o calcanhar de Aquiles há já uns anos) e não vou ficar por aqui!!!! :-)

    ResponderEliminar
  3. Rita não consigo entrar no link do ikea e fiquei curiosa com o artigo...se tiver oportunidade pode voltar a enviar?! Obrigado

    ResponderEliminar