menu-topo

Como irmãs...

quarta-feira, setembro 03, 2014
Antes do regresso às aulas queria fazer um post cheio de sabor a verão.
A Marta precisava de umas fotos para o próximo projeto dela que com certeza vai falar aqui e como não estávamos juntas há séculos reservei um dia só para a amizade. A ideia era matar saudades e, by the way, tirar umas fotografias. Seriam só dela, não fosse eu ter uma paixão por famílias, em geral, e por estas miúdas, em concreto.
A Marta e eu somos amigas desde 2006 e acredito {mesmo} que Deus nos fez encontrar. A Marta já tinha perdido a mãe e foi, nesta altura, que perdeu o pai e que se separou. Encontrámo-nos numa viagem à neve e desde aí nunca mais nos largámos. A nossa amizade foi forte e instantânea e, rapidamente, nos tornámos cúmplices e inseparáveis. Mas assim como digo. De um minuto para o outro, que nem seta do cupido, mas da amizade e para sempre.
Trabalhámos juntas, rimos imenso, chorámos um bocado mas divertimo-nos [muito] ainda mais.
Podem passar séculos, e seremos sempre assim. Iguais como se estivéssemos estado na véspera. Tranquilas, serenas e de bem com a vida. E faladoras.
Não conheço ninguém como ela. Nunca a ouvi dizer "porquê a mim"?
Com tanto para chorar e capaz da melhor gargalhada. Todos os dias. Encontrá-mo-nos numa altura menos boa e puxámos uma pela outra sem percebermos.
É isto que temos mais em comum [apesar da minha vida com muito menos injustiças]. Propensão para a felicidade. E outra coisa que me arrepia sempre e, também por isso, a sinto como minha. A Marta perdeu uma irmã em bebé. Coincidências ou não, chamava-se Rita.
UntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitledUntitled
Untitled













 Fotos Crush 
#Small bussiness. #Family #Celebrity.


Siga o Socorro! Sou mãe... e o Crush no Facebook e no Instagram

3 comentários:

  1. Vou dizer o quê Rita? sou fã da Marta, acho-a linda, simpática e uma mãe para lá de divertida. E as tuas fotos são tão reais, tão verdadeiras, adorei!
    Bjos ás duas

    Maggie

    ResponderEliminar
  2. Adorei Rita!!!
    A Marta é uma mulher linda!!!
    Beijinhos
    Maria João

    ResponderEliminar
  3. A Marta realmente transpira felicidade! Tem um sorriso contagiante! e umas filhas giras giras giras!

    ResponderEliminar