menu-topo

O online e eu...

sexta-feira, dezembro 05, 2014
Cada vez compro mais (e faço quase toda a vida) online.
Já me é difícil ter um tempo sozinha para compras. Tenho a girl para apanhar uns dias às 15h, noutros às 15h45, depois vou buscar o boy, passear o Buddy, patinagem, banhos, jantares, etc...[a história da nossa vida] à noite edito, morro e ressuscito [mais ou menos] às 5h30 da manhã do dia seguinte e, por isso, esta opção foi feita para mim.
Uma pessoa não se mete em filas, pode navegar sozinha, [as fotos são quase sempre fiéis] e ponderar o que precisa mesmo. Tudo está super profissional e ou entregam em casa ou é só apanhar na loja que nos dá mais jeito e seguir.
Depois há outra coisa boa que é o poupar. Não é só passar um cartão. Temos de meter password e tal e isso dá-nos tempo para pensar se precisamos mesmo [ou não resistimos] do que estamos a comprar.
Não sou muito de ir às compras, nem de ter dias certos para comprar. Compro conforme as necessidades e/ou porque me apaixonei. Não sou muito de seguir tendências ou ir em grupo. Prefiro estar sozinha e concentrada, sem grandes confusões. No fundo sou uma compradora solitária. ;)
Comprava muito em sites estrangeiros, mas agora já muitas lojas vendem cá, o que é a cereja no topo do bolo.
Eis se não quando a Zippy se atira para a frente do meu computador, assim escarrapachada no meu ecrã,  cheia de coisas giras e aí percebo que a minha conta bancária o meu mundo está perdido.
Fui "só" espreitar e deparo-me com tantos must-have-já-loucura-total-que-maravilha e estou até convencida que vou oferecer, confortavelmente no meu lar, presentes de Natal para sobrinhos e filhos de amigos [sem levantar o meu corpinho do meu sofá e da minha pausa maravilhosa].


Sem comentários:

Enviar um comentário