menu-topo

Aqui entre mães.

quarta-feira, maio 20, 2015
Quando eu era pequena lembro-me dos meus pais me obrigarem a dar beijinhos a toda a gente. Podiam ser 3 pessoas, se fosse dois beijinhos davam 6 no total, mas podia acontecer 200 beijinhos se fosse numa festa de 100. (ou 100 se fossem betos ;)) 
Ora que com os meus filhos não faço, disfarço, e muitas vezes me dizem que os torno mal educados.
{Eles falam, dizem olá, bom dia, boa tarde, mas sem beijo.}
Claro que eu, na minha caminhada, ignoro. 
Um beijinho é para a família e amigos acho eu. 
Ou então espetam um beijinho num ministro como eu já fiz uma vez.
Também acho que passamos a vida a falar-lhes dos "estranhos" e depois vem um e obrigamo-los a dar uma beijoca...
Estou sozinha nisto ou há por aí mais mães "mal-educadas"?
Beijinhos para vocês ;)))

13 comentários:

  1. eu sou uma mal educada tb :)

    ResponderEliminar
  2. Também sou mal educada Rita ;) Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Nunca fui educada a dar beijinhos. Cresci no Brasil e lá apenas cumprimentávamos; beijávamos só as pessoas mais próximas. Foi-me estranho habituar-me, aos 14 anos, a "beijar toda a gente". Estou prestes a ser mãe pela primeira vez e, segundo imagino, não irei obrigar os meus filhos a fazer nada que não queiram, que não faça sentido ou não seja realmente necessário. Não acredito que isso os torne mal educados. A educação, para mim, é outra coisa! O beijo é algo tão pessoal que não me parece fazer sentido ser dado sem vontade ou por obrigação. Devemos saber viver em sociedade, mas essas imposições "politicamente corretas" são, no mínimo, desnecessárias...

    ResponderEliminar
  5. "eu" sou mal educada.... os beijos para mim são para quem conheço e para quem gosto!
    Bom dia, boa tarde olá e afins acho que chegam....
    .... Sendo eu assim, não posso exigir ao meu filho beijos a quem não conhece, certo?

    Nota: e quando os pais diziam: " cumprimenta a XXX" ou "dá um beijinho????" e não é que aos 40 de vez em quando ainda ouço isto???!

    "beijo" grande,

    Marta Cruz

    ResponderEliminar
  6. Eu também faço questão de ser mal educada, nesse sentido ;)

    ResponderEliminar
  7. Ola Ola, daqui filga que ainda não é mãe mas que partilha desta opinião.
    Filha de mãe que nao obrigava nenhum a fazê-lo. Eu era a mais dada como se costuma dizer mas isso mudou muito.
    Concordo consigo mas queria deixar aqui assente que quando a conhecer vou querer dar lhe um abraço.
    Um grande beijo.
    Está a sair se muito bem, querida Rita!

    Carolina Melo

    ResponderEliminar
  8. Eu nunca obrigo os meus filhos a dar beijinhos! O mais velho só deu beijos à avó e aos pais durante vários anos. E eu ajudava-o e dizia logo que ele não dava beijos a ninguém!
    Já eu... sou uma beijoqueira, dou beijos a toda a gente, até prefiro dar beijos do que aperto de mão. É que a cara costuma estar mais bem lavada....
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  9. Como eu detesto dar beijos a conhecidos, também não os obrigo. Mas tento que dêem um aperto de mão. Se sei que vou estar com outras pessoas aviso-os que devemos cumprimentar essas pessoas para que se mentalizem.
    E também odeio que os pais de outras crianças as obriguem a cumprimentar-me.

    ResponderEliminar
  10. Estou totalmente de acordo Rita. Antes pedia para darem um beijinho, mas depois pensei: "beijinhos são para as pessoas especiais de quem gostamos". Dizem olá e sorriem, mas só dão beijinho se quiserem.
    Catarina

    ResponderEliminar
  11. Completamente "mal educados" os meus 3 filhos.
    Não obrigo ninguém a dar beijinhos, ensino sim, que devem cumprimentar quando chegam a algum lado ou dizer adeus quando se vão embora.
    Mas eu também não sou nada beijoqueira e acho uma aberração de um hábito.
    Mafalda

    ResponderEliminar
  12. para mim os beijinhos também são demasiado valiosos para andarem por aí a ser distribuídos aos montes.
    Também pelas mesmas razões que a Rita nunca ensinei as minhas filhas a darem beijinho quando encontram pessoas que conhecemos, dizem bom dia e fazem um sorriso.

    bjos

    ResponderEliminar
  13. Concordo plenamente, Rita.

    ResponderEliminar