menu-topo

Bom dia!

segunda-feira, junho 08, 2015
Uma carta que se tornou viral e que é uma lição para pais super exigentes.
Um pai entrou no quarto do filho e encontrou a cama feita, os livros nas estantes, o chão varrido … Estava tudo no lugar , nem parecia o quarto do filho. Rapidamente percebeu que estava alguma coisa estava errada…Depois encontrou uma carta escrita pelo filho que dizia o seguinte:
Querido pai, é com grande mágoa que te estou a escrever esta carta. Eu tive de ir embora com a minha namorada nova pois sabia que se ficasse tu e a mãe iam fazer um escândalo quando a conhecessem.
Eu encontrei o verdadeiro amor junto da Stacy, ela é maravilhosa, mas eu sabia que vocês nunca iriam aprovar a nossa relação por ela usar piercings, ter tatuagens, vestir-se da forma que se veste, e acima de tudo por ser muito mais velha que eu.
Mas não foi apenas a paixão pai, ela está grávida.
A Stacy diz que vamos ser muito felizes juntos. Ela tem uma roulote numa floresta e há um rio perto, é um local lindo pai, gostava que visses.
Juntos partilhamos o sonho de vir a ter muitos filhos.
A Stacy abriu-me os olhos para o facto de a marijuana não fazer mal a ninguém, vamos nós mesmo fazer a nossa plantação para usarmos para nós, e para trocarmos por cocaína e ecstasy com os outros amigos do acampamento.Entretanto as nossas preces vão para que a ciência encontre rapidamente uma cura para a Sida para que a Stacy melhore, ela merece.Não te preocupes pai, eu já tenho 15 anos, sei tomar conta de mim mesmo. Um dia irei voltar para te visitar, e para que possas conhecer os teus netinhos.Com amor, Joshua.
P.S.: Pai, nada disto acima é verdade, eu estou na casa do Jason. Só queria lembrar-te que há muitas coisas por aí bem piores na vida que a nota do meu teste que está na mesa da cozinha. Liga-me quando estiveres mais calmo para eu voltar para casa!

4 comentários:

  1. sendo ou não verdadeira é uma história mesmo viral...e dá que pensar.

    ResponderEliminar
  2. Esta mensagem sensibilizou-me! Sou um pai orgulhoso e esta mensagem fez-me pensar se às não somos demasiado exigentes com os nossos filhos. Muito obrigado!

    ResponderEliminar
  3. Obrigado Rita.

    ( .... é um murro no estômago. E sim, faz pensar. )

    ResponderEliminar
  4. Não sabia que pedir aos filhos para não ter negativa era ser um pai super exigente.... Parece-me o mínimo. Fazer o que se faz bem feito e não pela metade. Isso não é ser super exigente, é ensinar responsabilidade e brio.
    Parece-me desleixo e preguiça achar que não nos devemso aborrecer quando os filhos trazem negativas para casa.
    ( uma opinião discordante da sua, bem sei)
    Um beijinho Rita
    Gosto muito do seu blog

    ResponderEliminar