menu-topo

Preciso de saber tudo sobre fraldas reutilizáveis.

segunda-feira, fevereiro 01, 2016
Quem usou, quanto mais se gastou, se para um filho só compensa, se é prático, se é confortável, se a logística é complicada, se desistiram,...?!
Contem-me tudo enquanto preparo as fotos da festa da girl para verem o meu DIY do mundo dos unicórnios. ;)

40 comentários:

  1. Eu usei e desisti logo. Não tinha tempo para andar sempre a lavar fraldas. É que além de dar de mamar depois ainda tinha que tirar leite. Entretanto apanhava se outra vez a hora de dar de mama. Se tivesse esse trabalho (lavar fraldas) não tinha tempo para mais nada. As descartáveis são bem mais práticas.

    ResponderEliminar
  2. uhuuhuh!!! já estava á espera deste post!!! é a sua cara! Eu usei, só comprei duas e em segunda mão. punha las quando chegava a casa do infantário e sabia que á partida não iria fazer coco. Serviu para poupar 2 fraldas por dia durante uns meses.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah já me conhecem... eu pensei nisto em todos e sempre desisti. Estava a ver se era à terceira mas já vou desanimada ;)))) Mil beijos

      Eliminar
  3. Nao compensa (o esforço e a pachorra) principalmente ao terceiro baby!!! :D queremos é dar despacho......

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... Talvez no primeiro fosse mais vantajoso... Estou a passos de desistir ;)

      Eliminar
  4. usei no primeiro filho; já não usei na segunda.
    não desaconselho pelo trabalho - no meu caso metia na máquina e tá a andar - mas porque perdem eficácia.
    aos 7 meses do meu filho já não duravam 1 noite e aos 9 não aguentavam qualquer xixi que fizesse de dia. ficava sempre molhado. talvez não lhes tenha dado o tratamento adequado - como disse, metia na máquina e lavava com detergente normal - mas se exige mais do que isso então não compensa mesmo.
    muitas felicidades
    (ps: gostava tanto de ir ao 3º)
    joana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joana, esqueça as fraldas e "mande-se" para o terceiro. Depois venha cá contar-me ;) Obrigada pelos conselhos. Mil beijos

      Eliminar
  5. Eu acho que pode valer a pena,enquanto estão em casa,nunca para sair à rua, nem para a noite. Mas no seu caso, por uma questão ecológica e financeira, acho que deve valer a pena. Menos duas fraldas por dia são menos 60 por mês, se toda a gente fizesse isso, o planeta agradecia!!!

    ResponderEliminar
  6. Não compensa, de todo. São caras e os reforços para o interior tambem.
    Como já tem 2 filhos sabe como é a logistica, não tem tempo, por vezes, para nada quanto mais estar preocupada em ir limpar as fraldas, colocar a lavar, etc... E ao ritmo que eles sujam fraldas teria de ter um bom stock.
    Ao terceiro filho só queremos aproveitar tudo. Aproveite, descanse, absorva tudo, viva cada momento, pois deverá ser o seu último filho correto? Faça tudo para lhe facilitar a vida, não complicar.
    Beijinhos
    Anocas

    ResponderEliminar
  7. Na minha opinião vale Muito a pena. Mas assim como tudo, tem que se querer.
    No meu caso, antes mesmo do bebé nascer, comprei as fraldas mais giras que vi. Comprei várias marcas e modelos, pois todas são diferentes. Só falhei pois apenas comprei fraldas de bolso. No início correu tudo bem, não tinha fugas tudo impecável, mas quando ele começou a ficar mais mijão, as fraldas não aguentavam. Foi então que descobri que não existem apenas fraldas de bolso, existem de contorno, ajustadas e pré-dobradas.
    Acabei por comprar ajustadas que funcionam como as fraldas antigas de algodão, ou seja, é necessário uma fralda e uma capa.
    Fugas? Nunca mais. Gostei tanto, que resolvi fazer as minhas fraldas, correu tão bem, que começaram a pedir-me para fazer e criei uma página no fb com as minhas.
    Não são só as vantagens em termos económicos, há os ambientais e principalmente as vantagens para o bebé.

    Num próximo bebé, não tenho dúvidas que vou continuar a utilizar as fraldas de pano e desta vez com mais eficiência ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda tem a página do fb? Pode dizer-me o nome? Estou grávida e a ponderar usar estas fraldas também! Muito obrigada!

      Eliminar
  8. olá, eu já vou no 2º filho com FR... e para nós funciona... mas eu não sou utilizadora a 100%... durante a noite e a hora da sesta o meu pirata usa descartáveis, mas em vez de 4-5 fraldas descartáveis/dia, usa 2... poupo muito dinheiro... mas foi um investimento que fiz quando tive o meu primeiro filho e que agora uso no segundo... por isso para nós resulta bem!

    ResponderEliminar
  9. Nós gostamos, usamos e recomendamos. Usamos da marca Mita. São portuguesas e têm muito boa capacidade de absorção e a lavagem é simples. Em relação ao trabalho, sim dao um pc mais de trabalho. Mas repara... as descartaveis tens de te deslocar para as comprar. As descartaveis têm um impacto ambiental mt grande. E podem provocar alergias (o meu mais velho teve).

    Espero que tenha sido util! Estou com saudades de um pequenino, e também queria o 3o.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Eu uso e ja vou no segundo filho a fraldas de pano. Não me arrependo nada. Lavam-se na maquina de 3 em 3 dias e estendem-se. Não se passam a ferro, nem se deixam de molho. Enquanto não se lavam guardo-as em saco impermeavel.
    Dão um pouco mais de trabalho, mas faz-se bem. São um pouco mais volumosas, mas compensa largamente.
    Mas reconheço que não é para toda a gente, mas também é muito facil uma pessoa apaixonar-se, viciar-se nelas.

    ResponderEliminar
  11. As fraldas de pano são fáceis de usar, práticas, económicas, melhores para o bebé e para a nossa carteira. O truque é ter o sistema que se adapte ao bebé e a nossa rotina. Começar devagar com boas escolhas.
    Há sistemas um pouco à moda antiga (melhores na fase recém nascido e mais económicos), sistemas mais práticos para saída e outros com mais absorção para a noite.
    Não passam de mais uma peça de roupa para lavar :)
    Imagina não ter preocupações com orçamentos mensais quando o bebé fica doente e ter sempre fraldas disponíveis a usar sem ter de sair de casa.

    ResponderEliminar
  12. Primeira filha, homem muito cético em relação a tudo o que seja novo... Muitas horas de estudo e pesquisa da minha parte para poder convençer o homem e... Fraldas reutilizáveis em uso desde o 1º mês da princesa e homem principal defensor deste tipo de fraldas...

    Optei pelo sistema de bolso e recomendo a todas as pessoas...

    Tem que se ter alguns cuidados? Tem... Mas também os temos com as nossas roupas e não perdemos mais tempo por causa disso...

    Tem que se ter um bom stock? Tem... Com a minha pesquisa achei que 30 chegariam... Ao fim de 5 meses em que tenho a possibilidade de estar em casa, já vimos que, com o regresso ao trabalho, teremos de comprar cerca de mais 8 para poder ter uma folga por causa do infantário...

    Não se pode usar a noite ou em viagens? A meu ver, errado... No stock inicial de 30, comprei 6 especificamente para a noite (tem absorventes de materiais diferentes que absorvem mais) e noto a diferença... Já a cheguei a deixar a noite toda com a mesma fralda (o meu cansaço falou mais alto) e tive uma mini fuga (ficou uma manchinha do tamanho duma moeda de 1€ no fatinho). Para viagens, realmente é mais complicado (todos os meses vou passar alguns dias com a minha mãe que mora a 60km). Nesse caso chegamos à conclusão que mais vale comprar um daqueles pacotes semanais que a DoDot tem (usei pela primeira vez as descartáveis este mês quando fui a minha mãe e custou-me imenso mudar a fralda a minha filha por causa do cheiro que nunca tinha sentido)

    Podem vir dizer-me que é a primeira filha e que poderei aproveitar para um segundo... É verdade.... Mas quando optamos por este sistema já tínhamos decidido que apenas teríamos uma filha ;-)

    Acho que é algo que as pessoas devem ponderar bem e onde não há respostas certas ou erradas. Mesmo as experiências são todas diferentes... Em 5 meses, já tive alturas em que gostei mais de fraldas de diferentes marcas (os formatos são diferentes tornando o ajuste diferente também)... Do que tenho experienciado, foi uma das grandes apostas que fizemos e com a qual estamos muitíssimo satisfeitos... Eu recomendo :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em vez de comprar "8" para quabdo for para creche aconcelho pesquisar e provavelmente investir en algumas ajustadas pois aos 7/8m ficam mais mijoes :)

      Eliminar
    2. OK, obrigada...Vou estudar o assunto... Já valeu a pena vir comentar... ;-)

      Eliminar
  13. eu uso a 20 meses, e nao as trocava por nada, sim tem de se lavar e preparar mas não é nada que não se tenha de fazer com as roupas do dia a dia, alias ate se podem lavar com a roupa do bebe ou ate outras roupas, so convem nao usar amaciador, uso detergente normal Ariel e vanish e é tudo. lavo a cada 3 dias no inicio mais porque usava mais fraldas, ele ja pede o bacio desde os 13 meses, não o forço em nada. fiz um investimento 600 e poucos eur ao longo do tempo e não sinto que tivesse sido um peso grande no orçamento. o meu marido mantem um grafico de consumo de agua gas e eletricidade e o consumo de agua aumentou um pouquinho mas nada que nao aumentasse com mais um membro da familia em casa, tal como a eletricidade. é confortavel sim, ainda mais pela razão que é algo mais natural em contacto com a pele do bebe, uso descartaveis se vamos de ferias porque não tenho onde as lavar e o meu piolhito não lhe agrada muito tenta tira las. cada pessoa é uma pessoa e toda a gente tem opinião e esta é a minha e sim para mim compensa para so um bebe, pois se estivesse a descartaveis ja tinha gasto muito mais que 600eur e mais os sacos de lixo que aqui onde moro custam 2 eur cada

    ResponderEliminar
  14. eu uso a 20 meses, e nao as trocava por nada, sim tem de se lavar e preparar mas não é nada que não se tenha de fazer com as roupas do dia a dia, alias ate se podem lavar com a roupa do bebe ou ate outras roupas, so convem nao usar amaciador, uso detergente normal Ariel e vanish e é tudo. lavo a cada 3 dias no inicio mais porque usava mais fraldas, ele ja pede o bacio desde os 13 meses, não o forço em nada. fiz um investimento 600 e poucos eur ao longo do tempo e não sinto que tivesse sido um peso grande no orçamento. o meu marido mantem um grafico de consumo de agua gas e eletricidade e o consumo de agua aumentou um pouquinho mas nada que nao aumentasse com mais um membro da familia em casa, tal como a eletricidade. é confortavel sim, ainda mais pela razão que é algo mais natural em contacto com a pele do bebe, uso descartaveis se vamos de ferias porque não tenho onde as lavar e o meu piolhito não lhe agrada muito tenta tira las. cada pessoa é uma pessoa e toda a gente tem opinião e esta é a minha e sim para mim compensa para so um bebe, pois se estivesse a descartaveis ja tinha gasto muito mais que 600eur e mais os sacos de lixo que aqui onde moro custam 2 eur cada

    ResponderEliminar
  15. Olá! Tenho um filho de 19 meses que usou fraldas reutilizáveis em exclusivo até aos 12 mais ao menos. Temos um stock de 30 fraldas de bolso e fazia uma máquina de 3 em 3 dias com um detergente específico que também serve para a nossa roupa. Nos primeiros 2 meses também usei as fraldas de bolso de recém-nascido (na maternidade usei fraldas descartáveis). Enquanto estive em casa, foi óptimo poder usar estas fraldas. Depois de voltar ao trabalho, tive a sorte de arranjar uma educadora que aceitava as fraldas reutilizáveis então pude continuar mais uns meses. No entanto, com o trabalho e o crescimento do meu filho, fui dando lugar às descartáveis. Primeiro na creche por causa do peso (eu ando de bus), depois à noite por causa das fugas, nas férias por uma questão de facilitismo (mas pronto, férias, são férias...) e agora deixámo-las por completo porque lhe estão apertadas na coxa. Não me arrependo te tê-las comprado mas soube entretanto que são muito mais baratas se as comprarmos pela internet, directamente às marcas. Acho que foi a nossa maneira de diminuir a nossa pegada ecológica e agora estão a aguardar serem usados para um segundo filho que há-de vir entretanto. É um investimento mas também é verdade que cada fralda reutilizável que usa, é menos uma descartável que deita fora (o ambiente agradece), além de que o rabinho estava sempre suave e seco (não se usa creme). Depende do objectivo e da motivação. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  16. O meu nome é Catarina e uso fraldas reutilizáveis a 3 anos.
    Usei na segunda filha apenas a partir dos 3/4 meses (Quando ganhei coragem para comprar as primeiras) e uso no terceiro filho. Adoro, uso 24 horas por dia.
    Tudo depende daquilo que compramos, mas sim, no geral são super práticas e confortáveis. Para além do conforto, usando fraldas reutilizáveis reduz-se drasticamente o uso de cremes, pois a pele respira melhor e não fica "assada".
    Da minha filha, o que me levou a experimentar foram aqueles cocos explosivos que saem pelo meio das costas,com fraldas reutilizáveis isso deixou de acontecer.
    Relativamente ao trabalho, é apenas mais uma máquina de roupa de 2 em 2 dias, onde junto toalhas de banho. Ponderou não ter mais filhos para não ter mais roupa para lavar? Ou ponderou usar roupa descartável apenas para não lavar?
    Vamos aos custos, se comprar 24 a 30 fraldas fica bem servida. Pode optar por comprar fraldas para a fase de recém nascido e depois para tamanho único, ou usar 1 a 2 meses descartáveis e depois começar então com as tamanho único.
    Se for contida 300 a 500€ chegam do nascimento até ao desfralde. Quem usa ou usou descartáveis sabe que a renda mensal em descartáveis é muito elevada.
    Quem opta por fraldas reutilizáveis, não opta por estas fraldas apenas pela parte económica, também importa a saúde do bebé e a drástica diminuição da pegada ecológica.

    ResponderEliminar
  17. Vale imenso a pena... qual é a dúvida? A longo prazo sai mesmo muito mais barato, e eu só comecei aos 12 meses do mais velho! Com muita pena minha, não tive conhecimento desta opção mais cedo. Mas não faz mal, agora vingo-me no mais novo. Eheh
    É facílimo de lidar! Como assim "falta de tempo para lavar"? Então e o resto da roupa, não se lava? É que lava-se tudo junto. E olhem que eu tenho um miúdo de 2 anos e meio ainda de fraldas, e um de 3 semanas em casa comigo. E cada um faz cocós diferentes. O cocó do mais novo não precisa de ser removido antes da lavagem (é só leite materno), o cocó do mais velho verte-se para a sanita e pronto (os papelinhos biodegradáveis que resguardam a fralda e que vão directos para a sanita juntamente com o cocó são um elemento-chave nesta idade). Cada fralda vem com os seus absorventes, que se podem tirar e pôr (no caso das fraldas de bolso) ou que vêm cosidos numa só peça com a fralda (são as "tudo-em-um"). Por curiosidade, se quiserem, espreitem o meu blog! :) http://paninhosdeouro.blogspot.pt/
    FR vale mesmo muito, mas MUITO a pena!! :)

    ResponderEliminar
  18. Rita, claro que vale a pena! Justifica por tudo. Impacto ambiental, poupança e pela saúde da pele do bebé. Convido-a a visitar-me para que lhe possa mostrar tudo. Mais do que ter este negócio, utilizei as mais variadas fraldas na minha filhote, agora com 15 meses. Espreite a minha loja on-line: www.miminhosdamaria.com. Veja o blog: http://maismiminhosdamaria.blogspot.pt. Pode ver também alguns vídeos no nosso canal YouTube. E estou sempre disponível por e-mail mailmiminhosdamaria@gmail.com, pelo facebook, skype. Pode também seguir-nos no instagram. Aguardo o seu contacto. Até já

    ResponderEliminar
  19. Gravida da minha primeira filha e a viver no meio do nada em Africa, vou experimentar as reutilizáveis. Comprei já umas com ótimo aspeto e acho mesmo que vai ser um luxo. Claro que tenho a sorte de ter empregado todos os dias e que as vai lavar mas mesmo assim o impacto ambiental das fraldas descartáveis é uma coisa que me incomoda tanto que acho que mesmo que vivesse em Portugal faria a experiencia... Comprei as da www.littlelambnappies.com/ e têm um toque maravilhoso sem contar que há brancas lisas sem bonecada. Estou doida para experimentar e acho mesmo que vai ser ótimo. É bom ler aqui as opiniões de quem usou e gostou! Obrigado por este Post Rita!
    MF

    ResponderEliminar
  20. Nós usamos na nossa primeira filha que tem um ano e meio e estamos a adorar. Recomendamos vivamente! O contributo ecológico para nós é muito importante. Além disso, fazendo as contas ao consumo de água, que aumenta um pouco, e a comparação com o custo das fraldas descartáveis (e fizemos as contas mesmo contando com as fraldas do pingo doce em super promoção), ainda assim compensa em gasto de dinheiro absoluto. O rabinho está sempre impecável e fugas de sólidos com fraldas descartáveis nunca mais tivemos.

    ResponderEliminar
  21. Eu uso a 100% desde as 3 semanas! Não troco por nada - desde que as uso nunca mais tive cocós na roupa, todos os vazamentos foram por minha culpa é ignorância e foram poucos e a sofia não assa e anda mais fresquinha (vivo no Brasil)...

    Sobre os xixis - tive vazamentos com as descartáveis porque tenho uma mamona em casa e com estas só por incompetência!

    Custou a começar porque eram muitas novidades, e só tenho 1, mas trabalho, estudo e tenho a Sofia por minha conta e concílio tudo. Sempre que eu vou à wc passo as fraldas por água e coloco no saco próprio e depois é por tudo dentro da máquina!

    Não as troco por nada <3

    Ps: fiz um contrato com o marido em que atestava que ele nunca teria de mexer nelas, mas agora é fã e recomenda a toda a gente

    ResponderEliminar
  22. Não desista sem antes tentar! Pode resultar consigo/bebe ou não. O importante é não fazer um bico a volta disto, é mais uma peça de roupa só com padrões mais giros. Há fugas e há volumes mas isso pode ser contornado. Há variado tipos de fraldas e há vários valores...há fraldas em segunda mão! Mais mais importante Importante há um grupo de mamas que usam é que ajudam muito nos pequenos desafios. Esteja à vontade para tirar dúvidas! Fraldolicas anônimas, compras e venda de fraldas reutilizáveis, fraldas reutilizáveis são alguns grupos.

    ResponderEliminar
  23. E atenção, economicamente compensa não só porque a longo prazo vai-se gastar menos (dependendo da marca, porque há marcas que compensam a muito curto prazo) como também porque há imensas mães que adoram comprar fraldas em segunda mão (as compradoras compram mais barato, e as vendedoras recuperam parte do que gastaram inicialmente)! :)
    A logística é igual à do resto da roupa de casa.
    É muito mais confortável sim, nós bem sabemos também... quando no puerpério usamos aqueles pensos gigantes e às vezes aquelas cuecas da Tena. Desta vez usei por um tempo as cuecas, são do mais horroroso que há e fazem cócegas nas nádegas. Assim que consegui, passei para os pensos, que sempre são menos incomodativos.
    É super prático, sobretudo se escolher usar as fraldas de bolso ou as tudo-em-um. :)

    ResponderEliminar
  24. Boas! Os pontos chave são passam por experimentar varias coisas, para veres o q se adapta mais à tua rotina e ao corpo de bebé. Depois convém teres um stock confortável de forma a que não estejas sempre a stressar por não teres fraldas secas. É importante teres uma rotina de lavagem simples mas eficaz, de forma as fraldas ficarem bem limpas e não teres cheiros ou veres as suas capacidades reduzidas... E pronto, é isto. Manter tudo o mais simples possível, sem fraldas muitas fraldas especiais para cada ocasião (à exceção da noite). Sobre o custo, se não te tornares viciada em fraldas vai compensar. Quanto ao trabalho que dá (porque dá algum trabalho) o truque é pensar positivo e delegar. Quando cá em casa era só um a usar fraldas, eu encarregava-me de dobrar e colocar na maquina enquanto o meu marido era responsável por estender e apanhar. Agora como temos 2 rabinhos a sujar, fazemos a parte de estender e dobrar a meias. Para tornar a tarefa menos penosa (porque nem todos os dias são dias de dobrar fraldas com um sorriso na cara) podes tentar encaixar a manutenção das fraldas enquanto ves algo na TV ou PC ou les algo que gostes.
    Não desistas antes de experimentar.

    ResponderEliminar
  25. Primeiro
    Parabéns por pensar nessa opção.
    Quem pensa nisso sabe a quantidades de químicos que existem nas descartáveis, e quando pensamos nessa solução, Procuramos o melhor para o nosso bebé, o melhor para o ambiente, e claro, o melhor para a nossa carteira. Já foi quase tudo dito em cima, o importante é falarmos com alguém que já tenha usado, pois tiramos muitas dúvidas. Aconcelho a comprar vários tipos e ir experientando para ganhar confiança. Em Portugal já existem alguns blogs de mamãs que falam das suas experiências. No facebook existem também grupos de ajuda e venda (fraldas reutilizáveis). Já existem produções portuguesas, como é o nosso caso. Produzimos fraldas e acessórios reutilizáveis. Pode encontrar-nos no www.facebook.com/fluffydiapers ou no nosso site www.fluffydiapers.pt . No blog do nosso site temos à disposição diversos artigos que pode consultar.
    Marisa F.

    ResponderEliminar
  26. Eu uso, adoro e recomendo, como em tudo na vida a questão é!!! O que pesa mais o pseudo trabalho? A economia? A facilidade? A saúde?
    Tenho uma filha com 12 semanas e uso a tempo inteiro, faço viagens e mesmo aí uso e abuso destas fraldas, há vários sistemas logo é escolher o melhor para o nosso estilo de vida, tenho umas mais práticas para as saídas, outras mais absorventes para os grandes xixis e umas mais económicas para usar em casa. Vantagens? Poder adaptar a absorção de uma fralda caso faça mais xixis uma fralda pode ser reforçada nas descartáveis teria que experimentar as diversas marcas até conseguir encontrar as que aguentariam os xixis e não em venham com a história que aguentam xixis durante 12 horas porque eu amo a minha filha e não me passa a cabeça deixar a miúda com xixi e cocó por 12 horas só porque a fralda aguenta. Posso mudar de fraldas nem que seja de hora a hora sem cair na tentação de alargar o espaço entre mudas porque "ai meu Deus, mais um pacote de fraldas a ir a vida". Não tenho que andar de olho em promoções e andar a fazer stock em casa com medo que as fraldas esgotem e "oh meu Deus, não há promoções" e não tenho que ir levar o lixo 2 ou 3 vezes por dia a rua porque entretanto já tenho um saco cheio de fraldas sujas, para nós cá em casa isso também foi uma vantagem. Na lavagem os cuidados são normais, apenas evitar temperaturas e detergentes que as possam danificar. É tão difícil que até o meu marido já as pôs a lavar. Cá em casa tanto eu como o papá adorámos e recomendámos. Antes de tudo o melhor é experimentar. Quanto a dar mais trabalho a diferença não é tão grande, nós compramos fraldas algumas vezes e ficam, com as descartáveis temos que ir comprar sempre e estar de olho nas promoções o que por vezes implica fazer mais 1 ou 2 km (ou mais!?) para ir ao sítio "x" ao invés do "y" que até fica ali ao lado porque as compras faço em qualquer lado as fraldas é que estão em promoção ali. Depois temos que lavar/secar com as outras têm-se que colocar ao lixo e depois levar o lixo a rua. Sim dispendemos um pouco mais de tempo (10 minutos!??) 2 minuto para colocar a secar e 8 para colocar a secar? Isto é variável, será assim tão complicado? Para mim estes 10 minutos compensa financeiramente, sem dúvida, a nível de saúde, menos assaduras, (poupo ainda no creme), são ecológicas, se separo o lixo também posso contribuir mais um pouquinho em não enviar mais uma data de fraldas para o lixo e poluir mais um pouco com fraldas que demoram imensos anos a desaparecer. E AINDA... são LINDASSSSS!!! Mas como já disse muitas vezes é uma questão de gostar, porque quando se gosta tudo vale a pena, quando não se gosta, tudo incomoda ;) O importante é estarmos bem com as nossas escolhas ;) Felicidades

    ResponderEliminar
  27. http://maternidade-o-que-saber.blogspot.pt/2016/01/a-questao-das-fraldas-reutilizaveis.html?m=1
    Este texto vai lhe ser util. Quando quis saber tudo sobre fraldas reutilizáveis este foi dos melhores que encontrei. Boa sorte!

    ResponderEliminar
  28. Eu uso no meu gordinho desde os 2 meses de idade e definitivamente não há nada melhor.
    Falamos de questões ambientais... falamos na saúde dos nossos filhos...
    Podemos até falar na poupança econômica que é brutal e se utilizarmos num segundo filho como é o meu caso ainda é maior.
    Lavagem é a máquina que a faz! E nem sequer é preciso muita coisa...15minutos pré lavagem e 1 a 2 horas de programa. Saem limpinhas!
    O único trabalho que temos e que já entrou na rotina é de as colocar a lavar de 2/3 dias dobrar e arrumar. À noite reforçamos para aguentar as 12h e colocamos um flecce para o bebé não se sentir molhado.
    Não é nada complicado!
    Espero ter ajudado!!!!

    ResponderEliminar
  29. Uso em casa, quando vem da creche! À noite usa fraldas descartáveis. Não acho nada complicado, lava-se na máquina e secam rapidinho. Moro em Bruxelas mas comprei as fraldas numa loja online portuguesa, ecologicalkids. Foram sempre impecáveis e parece-me que também aconselham mães com dúvidas destas! Rosarinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olá Rosarinho em que parte de bruxelas vive, eu tb estou na belgica a uns 10km de bruxelas em Sterrebeek.

      Eliminar
  30. Nossa experiência: FR desde os 2 meses (tem agora quase 8). Gastos totais na compra: cerca de 200€ a 300€ (comprei algumas novas (preferencialmente da marca Mita - portuguesa), algumas de marca (Bumgenious,Blueberry, Piriuki, todas mais caras mas que conclui serem quase todas feitas na China na mesma), algumas em 2ª mão, algumas da China (mais baratas e que, neste momento, são as que funcionam melhor com o meu bebé, só para ir contra as minhas ideologias :P) e perdi a cabeça com uma capa de lã Hum Bird feita por uma mãe alemã só pq tinha uma guitarra :P ;) - esta foi a minha compra superficial, embora esteja a adorar o sistema ajustada com esta capa para a noite.

    Economicamente, para nós compensa e mt - só o facto de não estarmos sempre a correr comprar fraldas e ter saldo todos os meses destinado a isso ajuda-nos e liberta-nos. Não gastamos em creme muda-fraldas, pq não precisa: aguinha ou chá de calêndula, óleo de coco (tudo com propriedades antibacterianas e antifungicas) para higienizar o rabinho (o boião dura uns 3 meses...)

    A rotina de lavagem é fácil, como a restante roupa (excepto a pré-lavagem, obrigatória para a boa higiene das fraldas).

    Fugas: algumas (poucas), como com todo o tipo de fraldas. Mas maioritariamente de noite, pois são mais horas. Cheguei a pensar em usar descartáveis à noite, mas o rabinho dele está tão saudável assim... (e descubri dp as capas de lã ;) )

    Ecologia: para mim, conta mt. Sinto-me mais feliz e tranquila por saber que faço o que posso.

    Acredito que a Rita talvez não se adapte a este sistema, 1º pq provavelmente economicamente não precisa, e 2º pq 3 filhos dão mais trabalho que um! ;) Mas curiosamente no grupo das FR temos uma mamã de 11 filhos que usou FR com 5, e atualmente usa com 2! ;) São escolhas que cada família deve fazer de acordo com o seu modo de vida e valores pessoais! Fica aqui o meu testemunho ;)

    Boa sorte para a sua decisão e tudo de bom para si e para a sua família! ;) <3
    Ana

    ResponderEliminar
  31. Olá Jonita,

    Sim, ainda estamos online - www.fluffydiapers.pt

    facebook - Fluffy diapers

    E também estamos no Instagram - @fluffydiapersportugal

    Agora com roupa em algodão biológico também.

    ResponderEliminar