menu-topo

Crónicas de uma bebé [quase] ecológica #2

segunda-feira, julho 04, 2016
Ao fim de dois meses já consigo avaliar o que foi a entrada de fraldas reutilizáveis na nossa família.
Não somos utilizadoras a 100% por falta de organização. Este é o resumo. 
Tudo o resto é vitória para esta forma de estar.
No primeiro mês usámos muito de dia porque à noite estava cansada e era mais rápido (achava eu). No segundo mês tudo mudou e passei a usar mais de noite porque de dia andávamos sempre no virote e era mais prático deitar fora que voltar para casa com um saco de fraldas sujas. Mas é mesmo por não organizar porque não é um drama ter um saco no carrinho e trazer para casa ao fim do dia.
O que me impediu de usar mais foi mesmo ter poucas capas. Só tenho 4. E no primeiro mês choveu imenso. O que faço é escolher um dia para as fraldas reutilizáveis para juntar tudo e, depois de tudo usado, fazer uma máquina.
Também abandonei a pré-lavagem porque achei que não me compensava. Demora imenso tempo e não ache que valha a pena.
Tenho um alguidar nesse dia com água e detergente e todas as fraldas e capas vão para lá. Depois quando já não tenho mais nenhuma para usar ponho tudo junto a lavar. E já posso misturar com outras roupas porque já esteve de molho.
Adoro o conceito das fraldas reutilizáveis e de pensar que ajudo um bocadinho o mundo.
Não fiz muitas contas à poupança mas também não é esse o meu interesse principal, apesar de ser um ponto muito forte. 
Mas numa semana, dois dias são de fraldas reutilizáveis. Agora já estou mais ágil e com mais tempo (e sol) e por isso espero aumentar mais o consumo destas. 
Ficam as fotos (que já parecem de há tanto tempo) da minha querida Madalena quando ainda não tinha 1 mês. 
Que saudades! (Já...)








Sem comentários:

Enviar um comentário