menu-topo

O meu boy

sábado, agosto 27, 2016
É por causa dele que, vai na volta, encontro maçãs podres debaixo dos sofás, que tenho paredes de casa artísticas, que o cão rosna, que a bebé se ri à gargalhada, que descobri porque se diz que os meninos são apaixonados pelas mães, que com um filho não se pode relaxar, que lido com birras, que recebo os maiores abraços, que me delicio com boas gargalhadas que acabam já sem ar espojado no chão, que oiço as coisas mais inteligentes e questões para refletir, que tenho nódoas negras nas pernas por ser tão distríado que se esquece que as tenho, que repito mil vezes a mesma coisa, que discuto roupas e cortes de cabelo, que me atraso, que fico de boca aberta com a independência.
Está tudo aqui à flor da pele. O mau e o bom, a felicidade e a tristeza, a comédia e o drama.
Adoro-o com todas as minhas forças. Que, às vezes, são poucas também por causa dele. ;)
[Mãe, a sério que me posso molhar todo?!]


3 comentários:

  1. Acenta na perfeição na descrição do meu único boy lol! Vanessa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. também no meu.... :)
      Muitos beijinhos
      Maria João

      Eliminar