menu-topo

Tempo para mim.

terça-feira, fevereiro 21, 2017
5 minutos para nós. Ou 30. [Vá, assim na estica.]
Há quem pense que este nosso pedido é um capricho, uma veleidade. Mas trata-se de sanidade mental. A intensidade dos nossos dias, dá-nos imenso, mas retira-nos algumas coisas. Silêncio, serenidade, reflexão.
Parar a cabeça, ouvir as nossas necessidades, alinharmos as nossas vontades. Retira-nos força que precisamos exatamente para poder retribuir. A atenção que queremos dar aos nossos filhos, só chega se nos dermos atenção a nós.
Tenho andado tão a mil que ontem ter-me sentado 5 minutos a folhear um livro que amo foi um momento. Precioso.
Estava sol, não havia um som. Soube-me a férias. 5 minutos.
O tempo não estica, infelizmente. E até me irrita quando dizem que, quando queremos, há tempo para tudo. Quem inventou isto ou não tem filhos ou tem ajudas.
Estou sem tempo para o ginásio, para passeios e para coisas só para mim. Estou sem tempo para respirar. Como é possível? Não me lembro de dedicar tempo a respirar. E é tão importante respirarmos (fundo).
São opções, bem sei. Mas a minha opção agora são eles e com uma bebé voltei a perder alguma independência. [Mas ganhei o euromilhões.]
Querem falar disto de dizerem que a Baby Madalena é igual ao Ed Sheran????? Ahahaha





7 comentários:

  1. Ed Sheeran!! é isso mesmo <3 eheheheheh é uma fofinha, isso é que ela é!
    Rita, fica giríssima de cabelo apanhado!

    ResponderEliminar
  2. Acho esse equilíbrio o mais difícil de alcançar na maternidade, o ter tempo para mim. Tempo de verdade, tempo que seja mais do que um penso rápido nas nossas necessidades e que não venha carregado de culpas. É uma aprendizagem, quero acreditar. Mas uma que se torna bem mais difícil sem ajudas, sem dúvida nenhuma. 😊

    ResponderEliminar
  3. e sim, tempo só para mim é mesmo do que eu tenho mais saudades nesta viagem da maternidade. não é saudades de ir ao cinema ou de ir jantar fora, é saudades de mim, de um dolce fare niente só meu... de estar sozinha em casa (algo que nunca ou muitíssimo raramente sucede...)

    ResponderEliminar
  4. Quando, nós mães, tivermos esses momentos é porque eles cresceram e já não exigem a atenção que às vezes nos esgota mas que tanto gostamos...(mas sim tenho saudades) por cá um banho mais demorado equivale quase a uma semana de férias e só tenho dois...Mas uma Madalena refinada de quase 7 meses

    ResponderEliminar
  5. São mesmo raros os nossos momentos quando trabalhamos dentro e fora de casa e temos filhos pequenos. Eu também tenho tenho 3 e quando, à noite, a casa fica em silêncio e eu posso ver uma série ou ler um livro sabe a férias... O problema é que geralmente 5 minutos depois estou a dormir no sofá...

    ResponderEliminar
  6. Preciso de um momento para mim, nem que seja tomar um café antes vir para casa. Deixo o dia de trabalho para trás e visto o papel de Mãe e duma de casa.
    Ver um filme até ao fim ainda não consegui. Ler um livro, leio nos transportes a caminho ou no regresso do emprego. Temos que fazer acontecer as coisas.

    ResponderEliminar
  7. Rita
    Acho que já lhe disse e não se deve lembrar de todo.
    Mas vir aqui ao seu canto, ler e identificar-me com cada palavra escrita.......
    Saber que o que sinto, consegue ser descrito por palavras.
    Andamos tão cheias de tudo, que nos esquecemos de nós!
    Obrigada❤

    ResponderEliminar