menu-topo

A importância de ti [que me estás a ler]

quarta-feira, outubro 25, 2017
No outro dia conheci uma pessoa que me segue desde o início deste blog.
Estivemos à conversa e trocámos imensas ideias.
Uma delas achei que merecia um post. 
Tudo porque ela não tinha a noção da importância de quem está do outro lado.
Dizia que nunca tinha comentado por vergonha mas que adorava o blog e que o seguia desde de sempre.
Que tinha acompanhado os meus filhos mais velhos tão pequenos e que tinha sentido a alegria agora com a chegada da Madalena.
Sabia muito sobre mim, sobre nós, e eu zero sobre ela.
Como aliás sei muito pouco sobre vocês quando não comentam...
E isso é estranho.
Lógico que, pelos números, eu sei que estão aí. Mas questiono-me quem me estará a ler, se gosta, se se revê, o que gostava que eu escrevesse...
Até que às tantas lhe disse que, deste meu lado solitário, o não se comentar é porque talvez não esteja a fazer a coisa bem. Perguntei se não gostava de algo, se devia ir por outro caminho.
Ela abriu muitos os olhos. Nunca tinha pensado na coisa assim.
E disse-me: Por favor não mude nada! Só não comentava por vergonha...
Mas vou passar a fazê-lo.
E, por isso vos digo, um blog não é feito só por uma pessoa.
O blog é feito por mim e por todos os que me lêem.
Que me dizem este post está fraquinho, ou adorei o tema.
Os que me pedem mais isto ou aquilo.
Os que vibram com a nossa alegria e sofrem com as nossas tristezas.
Os que elogiam e criticam. Um blog é feito por todos e reações e comentários a ele são a sua vida.
O não comentarem ou não reagirem, é mais ou menos, como não ir votar em dia de eleições.
Nunca se sabe realmene o motivo.
[Please, que não seja por vergonha porque, afinal, mesmo sendo só de forma virtual, eu partilho muito convosco e adorava que também o fizessem. ]
Obrigada por estarem aí.


27 comentários:

  1. sempre por aqui, e sempre a torcer por si!

    ResponderEliminar
  2. Eu sigo.. e vai achar estranho😊, desde que a vi uma vez há cerca de 4 ou 3 anos nas ruas de Porto Covo, super simples e gira..acho que era a Rita! E agora, nao perco um post. Estou aqui e gosto ❤️ Ass: Rita S.

    ResponderEliminar
  3. Gosto muito de si, do seu blog... Os seus filhos são uns amores!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Ora cá vai, eu cá adoro a maneira como escreve, tão leve, tão divertida, tão próxima, tão genuina, tão sincera, com tanta graça, que é impossível não aproximar as pessoas. Adoro as fotografias de tão naturais e pouco produzidas. Os miúdos, são uma graça. A Madalena promete com aquela carinha de boneca despenteada. Ah... duas coisas importantes, os posts não são demasiado grandes e além do que escreves, ainda lhe conseguimos ler os pensamentos. Continue, porque pelo menos tem uma fã. Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Duas! Acho a mesmíssima coisa! Beijinhos

      Eliminar
    2. Três, subscrevo e acompanho, com gosto! beijinho <3

      Eliminar
  5. Rita eu leio quase todos os post, menos os tem publicidade a produtos que não me dizem nada!! Também comento pouco....mas adoro a Rita, a Maria, o Duarte e a Madalena, a forma como escreve, a forma de pensar, através da Rita tenho fotos lindas na minha casa, fiz o curso de preparação para o parto através do Socorro sou Mãe, conheci a Marie Kondo e transformei o meu T2 com espaço de T3, resolvi pedir ajuda para melhorar a minha alimentação...isto é só o mais recente!!! Por favor continue!! Beijinho

    ResponderEliminar
  6. E dos poucos blogs que sigo o seu e adoro!! Obrigada por ter escrito " Socorro sou mãe" ajudou-me imenso a relaxar qdo o meu 1o filho nasceu. N mude nada Rita. Está ótimo assim. Beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Querida Rita, eu leio sempre mas nem sempre comento. Mas adoro!!!
    Sigo-a há mil anos e venho todos os dias.
    Aprendi imenso consigo e é das poucas que faz pesquisa de temas interessantes, traz conteúdos novos e muda mesmo a nossa vida.
    Prometo comentar mais.
    Obrigada pelo "puxão de orelhas".
    Um beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
  8. De vez em quando comento, mas confesso que às vezes faço os comentários no Facebook em vez de aqui! Também sinto o mesmo no meu miniblog que tem pouquinhos ou nenhuns comentários e os que têm são enviados para o email de modo privado.
    Há 6 anos que sigo o Blog e quando a vi ao vivo fiquei felicíssima! Acho-a fantástica e gosto muito dos post's que escreve. Vou comentar mais, nem que seja um mini-comentário! Muitos beijinhos Rita, para si e para os meninos!

    ResponderEliminar
  9. Olá Rita.
    Sigo o blog há vários anos, porque gosto muito de a ler, e comento sempre que sinto que tenho algo a dizer.
    Gosto especialmente dos posts sobre destralhar, procurar o foco, pensar em nós, ser feliz com as coisas simples, passeios na natureza, etc.
    Volta não volta cruzo-me com a Rita por Cascais.
    Há uns tempos, numa tentativa de pôr o meu filho na patinagem, e ele cheio de resistência em calçar os patins, veio o Duarte muito engraçado com uma grande conversa a tentar convencer o meu filho a entrar para o ringue. Muito conversador o Duarte! E eu a sentir que o conhecia perfeitamente, apesar de ele não fazer ideia de quem eu era. A verdade é que o meu rapazola acabou por experimentar uma aula!
    Um beijinho.
    MB

    ResponderEliminar
  10. Olá! Estou deste lado desde o início. Tenho um menino com 6 anos e uma menina com 18 meses. Continue como é porque para este lado passa muita sinceridade, o que é tão raro na maioria dos blogs... Beijinho para toda a tribo 😍

    ResponderEliminar
  11. Leio sempre, sempre.. e adoro! E comento, com a primeira ideia que me vem á cabeça, porque é sempre a mais sincera e espontânea! E fico toda vaidosona quando a Rita me responde! É daquelas famílias k apetece conhecer porque a sinceridade e simplicidade passam muito para este lado! Continue! E eu vou acompanhar sempre que possa! Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Adoro.... continue assim.... ����

    ResponderEliminar
  13. Ando sempre por aqui, adoro lê-la e adoro a forma como utiliza a sua lente. Obrigada <3 beijinho!! Cláudia

    ResponderEliminar
  14. Tem toda a razão!! Desculpe.. Parece um pouco de egoísmo da nossa parte... Vamos "beber", "alimentamo-nos" das suas palavras diariamente e depois... Ficamos em silêncio, partilhamos com a família, com amigos...mas... À Rita... Ficamos à espera que o que "alimenta" os seus textos nunca acabe, que seja eterno e cada vez, mais forte. Abraço forte! Muito obrigada pela sua energia

    ResponderEliminar
  15. Rita, eu não a conheço pessoalmente mas acabo por conhecê-la porque sigo o blogue desde.....nem sei bem. Já tentei combinar uma sessão fotográfica quando estava mais activa no Crush mas acabou por não se concretizar. Pode ser que um dia destes consigamos marcar :-)
    Mas queria dizer que não sinta que o facto de não ter comentários é mau. Normalmente quando não gostam falam! Como adoro escrever e escrevia enormes testamentos às minhas amigas e não tinha respostas.....monólogos como eu gosto de dizer, mas quando ameaçava parar pediam que não o fizesse, resolvi criar um blogue também https://onesmalldetail.wordpress.com/.
    Mal por mal, sempre "falava" para uma audiência maior :-) também me questionava se estaria a fazer bem ou mal quando não recebia feedback, mas como já tinha a experiência das minhas amigas, continuei :-)
    E continue sempre! Nós, fofinhas, cá estaremos para a ler e acompanhar nesta aventura maravilhosa que é ser mãe, mulher, profissonal....e todos os outros papéis que temos :-)
    Um bj enorme!

    ResponderEliminar
  16. Olá Rita. Acompanho com regularidade o blog e já comentei algumas vezes até porque tb tenho um blog e gosto muito de receber esse feedback dos leitores. Já o disse e volto a afirmar que gosto deste cantinho pela genuinidade da sua escrita e pela autenticidade que marca a sua forma de estar.
    No Instagram acompanho-a e também comento de vez em quando, não como macaca (a minha identidade blogger), mas com a minha conta pessoal.

    Prometo continuar deste lado. um beijinho.

    ResponderEliminar
  17. Rita, adoro o seu Blog, todos os dias venho ver um bocadinho, se tem novidades, como estão os seus filhotes. Já são família. Tenho duas meninas, uma com 7 anos e outra com 2, e a Rita vai dando umas ajudinhas com as minhas reguilas. Adoro o movimento de viver com mais calma, mais devagar, tento isso todos os dias. Mas é muito difícil.
    Nunca tinha comentado por vergonha.
    Comento agora. Beijinho enorme.
    Cláudia Branco

    ResponderEliminar
  18. obrigado nós...obrigado por falar de barriga..varizes..retenções de líquidos...pés inchados..roupas fluídas...sem filtros...sem parêntesis...obrigado por nos transparecer que é real tal como eu..como nós...e que às vezes também nos sentimos mal..cansadas...fartas...e isso é normal...porque não temos que ser as melhores mães do mundo...porque temos que ser só "nós" ...adoro a forma como fala naturalmente da maternidade...quase como um mantra a todas as mães...de 1ª de 2ª de 3ª viagem...leio-a todos os dias e revejo-me nos seus textos...podia dizer que a sinto como amiga...que parece que lê tudo o que penso...porque me faz sentir melhor...porque é simples...genuína..obrigado por estar desse lado...<3

    ResponderEliminar
  19. Olá Rita
    Sou uma das suas grandes seguidoras, e todos os dias passo pelo blog. Gosto muito da maneira como escreve, é uma pessoa que transmite calma a quem lê e acima de tudo assuntos de interesse e que podemos tirar para a vida. Continue assim, não precisa mudar nada.
    Vou comentar mais. Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Presente!! Também sigo o blog mas acho que nunca comentei. Bjinhos

    ResponderEliminar
  21. Adoro o blog, Rita! É uma bolha de oxigênio no meio de tanta poluição! Muita obrigada! Continue a ser a pessoa adorável e genuína que é! Elsa

    ResponderEliminar
  22. Confesso que também faço parte do grupo das que seguem o blog, quase diariamente, mas que não comenta a maior parte dos posts. Mas adoro a forma com escreve, Rita. Penso que reflecte uma maneira de estar que vai muito de encontro à minha, ou ao que tento ir construindo. Por isso, os seus posts inspiram-me bastante e são um lembrete do que é verdadeiramente importante. O primeiro post que li penso que foi o da árvore de natal que fez no ano passado com os seus filhos e que me ficou na memória, como inspiração para fazer algo semelhante, este ano, com a minha filha. Um beijo grande. E obrigada ;)

    ResponderEliminar