menu-topo

Doce ou Susto – Digam não à Diabetes!

domingo, novembro 05, 2017
Depois do Halloween, e dos milhares de doces que os meus filhos receberam, vi o vídeo desta campanha.
De uma forma engraçada, várias crianças andaram pelas ruas de Lisboa a falar de um assunto sério: prevenir a diabetes.
A Fundação Calouste Gulbenkian em parceria com a Direção-Geral de Saúde e o apoio da Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP), deram assim início à campanha "Doce ou Susto – Diga não à Diabetes", uma campanha de prevenção que visa recolher doces e alimentos que possam aumentar o risco de contrair Diabetes e sensibilizar os portugueses para a importância de um diagnóstico precoce.
Por isso vos escrevo. Façam o teste, não custa nada.
É só ir aqui.
1 milhão de portugueses sofrem de Diabetes Mellitus. 50% destes estão ainda por diagnosticar. 
Estima-se que 2 milhões de portugueses sofram de Pré-Diabetes (Hiperglicémia Intermédia), um diagnóstico clínico que permite prever se alguém irá desenvolver diabetes nos próximos anos. 
A doença tem uma grande relação com a alimentação pouco saudável e uma vida sedentária, é normalmente associada a pessoas idosas, mas tem vindo a atingir faixas etárias cada vez mais jovens. 
O risco de pré-diabetes pode ser calculado por qualquer pessoa, através do site naoadiabetes.pt
Entre os factores de risco da pré-diabetes, contam-se os antecedentes familiares diretos (pais, mães, irmãos, tios ou avós com diabetes), vida sedentária, alimentação pouco saudável e excesso de peso. 
A diabetes é muito mais do que uma doença que envolve um excesso de açúcar no sangue. Se não tratada, a Diabetes pode levar a complicações graves, como a cegueira (retinopatia diabética), a amputação dos membros inferiores (pé diabético) e pode mesmo tornar-se fatal. 

1 comentário: