menu-topo

O post mais pedido [sobre o detox]

quinta-feira, novembro 09, 2017
Queria ter feito há mais tempo este post, mas a minha vida tem andado numa loucura.
A idiea era até fazer um post por semana, coisa que me saiu um bocado furada.
Mas aqui vai. Aqui têm o início e toda a sua explicação.
Tenho de acrescentar que só foi possível eu levar isto até ao fim com a ajuda da Natural Lifestyle Integrative Nutrition SlowLiving. Sem ela era impossível não cometer umas facadas.
Nestas quatro semanas emagreci 3 quilos. Mas, apesar de nós adorarmos estes números, não é isto que me motiva. Para já é a energia com que eu ando. E ainda mais importante é o que eu desinchei.
Claro que isto foi uma mudança de vida e que sem a ajuda da Body concept e do Kangaroo não tinha sido possível. Aliás, vou ter de dar mais de mim no ginásio porque não estou a queimar tanta massa gorda como devia e por isso, se entende que estas três mãos são bastante eficazes em conjunto.
Queria ter uma foto minha de agora mais despida (lol) mas não tenho. No entanto, acho que vão perceber que me sinto muito melhor agora do que no verão. [Juro que no próximo verão me descasco. lololol]
Já estou na última semana do detox e olhando para trás não foi tão difícil assim, tirando os nervos mais [na terceira semana] e dois momentos em especial: um dia que os meus filhos por falta de organização minha comeram umas batatas fritas e vinham acabadinhas de fazer da churrasqueira e um pão acabadinho de fazer ainda quente que lhes dei ao pequeno almoço.
Fora isso, nunca passei fome e  estou mesmo feliz.
E há coisas que vão para ficar para a vida.
Mas vamos semana a semana.
Vejam o vídeo.



Semana 0 [da eliminação]
Retirar alimentos alergénicos, gluten, latícionios, etc...  Todas as refeições normais.
Foi super tranquilo.
Não fiz nenhuma asneira.
Semana 1
Pequeno almoço e jantar líquidos e almoço sólido, sem os alimentos proibidos. Ficar 12 horas sem comer desde o jantar até ao pequeno almoço do dia seguinte.
Beber carradas de água.
Entre refeições podia comer snacks caso tivesse fome: fruta, frutos secos (sem ser amendoim) e legumes.
Isto era a regra também para as outras semanas.
Alguma vontade de trincar mas nada por aí além.
Difícil conciliar detox com correria do dia a dia.
Comecei logo a sentir-me desinchar.
Super motivada.

Semana 2
A mais difícil. De cabeça também. Um pouco mais stressada e com muita vontade de atacar o pão quentinho e as batatas fritas.
Não senti que estava apenas libertar toxinas, mas que também estava a libertar coisas más dentro de mim e, por isso, alguma dependência da comida.
Controle foi importante. Não fiz nenhuma asneira.

Semana 3
Acabo domingo. Sinto que é a semana da consolidação e da compreensão.
Super desinchada e grandes diferenças físicas e mentais.
Sei que não vou comer como antes.


A seguir começo com a introdução de alguns dos alimentos proibidos.
O meu corpo irá reagir a eles e detetar alguma intolerância caso não me façam bem.
Pode ser em termos de barriga ou manifestações na pele, etc...

Não façam isto sem ajuda.
Pedi à Filipa um desconto para vocês caso estejam interessadas.
Mesmo que não seja o detox, que acho difícil para quem trabalha fora de casa, que seja para mudar a vossa alimentação.
Para mais informações: filipa.muchacho@naturalifestyle.eu
Se quiserem usem o código #ritaferroalvim e têm um desconto de 20% na Integrative Nutrition SlowLiving.
As consultas podem ser online para nós mães. ;)



1 comentário: