menu-topo

[Quando ganhei a Forbes] mandaram-me ir limpar a casa.

terça-feira, dezembro 05, 2017
[Este não é um post feminista.]
Acredito que não tenha sido por mal, mas foi uma piada que correu mal. pelo menos para mim naquela altura, correu.
Conseguir o feito de ter o meu nome nesta revista foi, obviamente, um grande marco para mim.
 Mais que ser reconhecida como uma influenciadora na área da família foi um mimo profissional gigante, talvez o maior de toda a minha vida. Até porque chegou num momento importante, numa altura em que me dediquei somente a ele e trazia comigo mil vezes a dúvida do "será que vai dar certo?".
Quando contei [e estava morta por fazê-lo a todos os meus seguidores], sabia que iria ter diversas opiniões e, até, algumas desilusões.
Mas não estava à espera desta.
Lá fora, este prémio foi entregue a 3 grandes ídolos minhas: Whats up momsTaza e Amber Fillerup.
Elas são as maiores a fazer isto e o blog vencedor do primeiro lugar (são três autoras em conjunto) é uma enorme referência porque são super simples e terra a terra, repletas de conteúdo e de ideias boas. O que é, sem dúvida, o meu grande objetivo para este blog.
Bem, como vos disse estava preparada para tudo, até para a apatia.
Mas nada me preparou para este comentário: "Agora passa lá para me arrumares a casa."
Bem, podia ser algo carregadinho de palavrões a mandarem-me para um certo sítio e a desejar a morte de todos os que estão à minha volta, mas o que é que querem?! Este chateou-me.
Ora que, este prémio, à dimensão do nosso país, tem muito menos impacto do que nos Estados Unidos, infelizmente ;) Claro que eu não sou a Oprah ;) e que tenho de continuar a tratar das lides domésticas. E, com alguma pena minha, não ganho aquelas fortunas... mas fiquei chocada [e vá até um bocado triste].
Para ser sincera, passou rápido porque a alegria era maior que tudo o resto.
Obviamente, não iria deixar que a minha felicidade fosse incomodada por isto.
Não acho que se tenha tratado de machismo, acho... [Não faço ideia se o mesmo se passaria caso um homem vencesse isto, apesar de ter a certeza que ninguém se lembrou dizer o mesmo ao Bill Gates., Mas acho que desrespeita, de certa forma, um trabalho diário, uma dedicação e até um, possível, talento que me possam ter atribuído. Foi uma piada sem graça, parece-me.
Sei que ter um blogue, ou ser uma inflenciadora, é algo de muito recente.
Que ser uma blogger de família possa parecer ser apenas uma dona de casa desocupada, com uma máquina fotográfica de um lado apontada a filhos alinhados, vestidos a condizer, fraldas do outro e um mundo de futilidades e coisas menores do dia a dia para relatar.  
Eu própria não sei quando os meus filhos me trazem papéis da escola e perguntam a profissão da mãe. Escrevo: "comunicadora".
Talvez tenha ainda medo do preconceito ou do pré conceito que esta profissão ainda pode gerar. Mas sei que é uma profissão. E que, agora, é a minha profissão. E sei que dou o litro e seria incapaz de dizer isto a alguém que tivesse sido reconhecido pelo seu trabalho.
Talvez esteja a ser melodramática a escrever este post [embora tenha posto umas graças pelo meio], Tento sempre trazer trabalho feito para aqui, conteúdos para enriquecer este espaço como o slowliving, o babyledweaning, a poupança, o mindfulness, o destralhar, o negócio de uma mãe, marcas que gosto, as novidades lá de fora, a essência cá de dentro, o cantar e dançar, a alegria, o positivo, o inspirar alguém... Tento ser original, criativa, não olhar para o lado e fazer o melhor trabalho ao nível do que gosto, do que de trago ou quero trazer para a minha vida.
E ficaria feliz se conhecesse alguém com o nome na Forbes.
E, mesmo que não fosse fã, bastaria um parabéns.  


19 comentários:

  1. Não se incomode com o comentário. Há pessoas muito maldosas. Tenho dois livros seus cá em casa.Parabéns pelo prêmio!

    ResponderEliminar
  2. Ganhou com todo o mérito. É só o melhor blog de família de Portugal.
    Uma inspiração diária.

    ResponderEliminar
  3. Vou ser honesta, não lia o blog antes da notícia na Forbes, mas quando vi, fiquei bem orgulhosa de ter uma portuguesa a dar cartas e pensei, bem, vou ter que ler este blog. Mais do que tudo gosto da simplicidade e autenticidade que transparece! Muitos parabéns

    ResponderEliminar
  4. Força Rita eu adoro, beijinhos!

    ResponderEliminar
  5. Parabéns rita,força pra frente!😊beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Parabéns Rita, gosto muito do teu trabalho, aliás já gostava quando estavas na SIC. Sei a profissional que és, ao ponto de ser reconhecida pela Forbes, o que não é para qualquer um. Infelizmente na vida existem sempre pessoas que gostam de estragar os melhores momentos, parece que têm prazer nisso. Temos que ignorar estes comentários machistas, que mostram a ignorância das pessoas. Um grande beijinho. Sandra Correia

    ResponderEliminar
  7. Olá Rita eu também ficaria assim! Sou dessas “sensíveis” como muitos me chamam mas hoje em dia já percebi que as pessoas que fazem comentários desse género é porque na verdade queriam era estar no nosso lugar e por isso são mazinhas.
    Um grande beijinho e muita força ;)
    Susana (Misssu)

    ResponderEliminar
  8. A Rita é lindaa!! Mercido pelo o seu execelente trabalho!! O resto... É deixa-los falar!Beijinho grande

    ResponderEliminar
  9. Vozes de burro não chegam ao céu....ou então....a dor de cotovelo é tramada!
    Não é agradável de se ouvir/ler um comentário desses mas.....em frente é que é caminho. O desprezo é a melhor arma para as invejas!
    Continue assim: feliz, positiva e a trazer uns sorrisos às fofinhas que estão deste lado!
    Bjinhos e um dia Feliz!

    ResponderEliminar
  10. Para a próxima fazes um post ao estilo: "it's the Forbes!!! In your face motherfuckers!" Creio que é e devia ser um post/tema a ser mais debatido. A inveja é uma coisa muito portuguesinha. Fazes algo de bom e de coração e caem-te em cima. Há que não desistir. Beijinhos e parabéns

    ResponderEliminar
  11. A inveja é tipica do(a) português.
    Mas nem merece uma abordagem genética...
    Pior mesmo é que é transversal a TODAS as áreas e não somente a quem,profissionalmente,ė " obrigado " a expor-se.
    Sorrir e acenar....
    Bjos R.

    ( decidiu mm encerrar o seu instagram ?
    )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margarida não encerrei... Pus só uns pontos entre os nomes. Desapareceu? Está rita.ferro.alvim mts beijinhos e obrigada por avisar

      Eliminar
  12. Há uns dias comentava com uma amiga que devia acreditar no quão boa era naquilo que fazia...por vezes precisamos sair da nossa zona de conforto para perceber que somos ótimas..e não temos que ser modestas...auto-eficácia..tão simples quanto isto...a roupa pode esperar...as lides muito mais..importa é sermos felizes... e continue desse lado a dar-nos um exemplo que apetece seguir...

    ResponderEliminar
  13. Muitos parabéns, Rita! Beijinhos 🎈😘

    ResponderEliminar
  14. Os invejosos são incapazes de ficar contentes com o sucesso dos outros... Só podemos é ter pena!! E temos lol!! Parabéns Rita!! Muitos sucessos

    ResponderEliminar
  15. Muitos parabéns. As árvores quando crescem fazem sombra e há quem não goste. Comentário pequeno mas que entristece. Continue a fazer o que de melhor sabe fazer e a ser reconhecida por isso.

    ResponderEliminar