menu-topo

Como ponho os meus filhos a gostarem de lavar os dentes.

quinta-feira, junho 21, 2018
Bem, na verdade ando sempre a correr atrás deles a perguntar se já lavaram os dentes...
[Bem, esta deve ser aquela frase que vem com o pacote de ser mãe...]
A Madalena teve dentes muito tarde. Mas depois todos de uma vez só, praticamente. Aliás, os meus filhos são assim todos. Quando nasce o primeiro, parecem pipocas a saltar.
Mas são tarde, por volta do 1 ano. E, por isso, não passei por aquela situação de serem muito bebés e ter de os lavar. [Mas já li que deitados é a melhor forma.]
É importante que aprendam a lavar desde cedo e criem essa rotina. 
Já muitas vezes me perguntaram quando é que eles começaram a lavar os dentes e acho que é mal vejo o dente na boca. 
Adoro estas escovas da Jordan, uma marca divertida escandinava.

Para os mais pequeninos há umas com mordedor [apesar da Madalena roubar sempre a que está mais à mão.] Ou seja, são fáceis e agarrar, massagem as gengivas e vão criando esse hábito. 
Quanto a pasta de dentes, cada um gosta do seu sabor o que não torna a coisa simples. 
Maria gosta de picante, Duarte gosta de frutos, Madalena gosta de qualquer coisa.;)

Outra coisa importante a ter em conta na escolha da pasta, a meu ver, é a questão dos sulfatos e do flúor. Esta que Madalena está a usar tem 1450 ppm (um valor ótimo que ajuda a combater a cárie dentária) e 0% de sulfatos.
Aprendi que a quantidade de pasta a usar, até aos seis anos, deve ter o tamanho da unha do dedo mindinho.
Eles lavam os dentes de manhã e à noite. E os mais velhos, na outra escola, lavavam à hora de almoço, o que eu achava espetacular.

Sem comentários:

Enviar um comentário