menu-topo

Como aprendi a gostar de fazer (algumas) tarefas em casa.

segunda-feira, julho 09, 2018
Bem, há coisas que odeio.
Primeira: gerir o frigorifico, o que se estraga, o que é para comer... odeio!
Segunda: Tirar loiça da máquina. Prefiro pôr.
Terceira: Estender, dobrar e arrumar roupa.*
Trabalhar em casa tem este mal de se misturar tudo. Às vezes, tenho mesmo de bater a porta porque não consigo produzir bem num sítio caótico. E prefiro ir para um café.
Mas não dá sempre... E então tive de criar algumas rotinas para sentir uma certa harmonia à minha volta, que sem ela o meu mundo desaba.
A lição que aprendi foi pôr amor e carinho nas tarefas. Sei que pode parecer ridículo, mas se pensarmos nisto o trabalho não custa tanto e vamos conseguir tirar ter algum prazer nas coisas. Pensarmos que estamos mesmo a fazer algo de bom para a nossa família e para nós. E no bonita que vai ficar a nossa vida. E termos gozo nisso.
Obviamente que não sou uma tonta a amar limpar (juro que eu passava este trabalho de bom grado), mas sinto que se o ambiente estiver são à minha volta tudo corre melhor e todos estamos melhores.
E sentir que apesar de parecer pouco o que faço (e ninguém agradecer) o resultado tem mesmo influencia no ambiente geral.
Por exemplo, ponho música quando estou a limpar ou a dobrar roupa. Ou oiço um podcast e faço deste um momento de relaxe. Até passa mais rápido. ;)
Uma coisa que passei a amar é ter a roupa a cheirar bem. Adoro o cheirinho do amaciador na roupa. Agora estou a usar este Quanto roxo, que tem um cheiro me traz boas recordações, não sei porquê. Cheira a férias. ;) Antigamente não usava amaciador e agora estou um bocado viciada. Porque a casa fica invadida por este cheirinho e roupa fica mesmo fofinha. [Diz que dá aquela sensação de roupa acabada de lavar até 300 dias. ;)]
Ter a casa decorada a meu gosto, com poucas coisas e bonitas ou sentimentais ajuda-me muito a querer ter tudo em ordem e tudo ser fácil de arrumar. Destralhar muito e ter cada coisa no seu sítio é a  minha chave para uma casa que dê gosto de estar.
*Estes são os meus calcanhares de Aquiles na lide doméstica. E os vossos? Adoro saber estas coisas.;)






Sem comentários:

Enviar um comentário