menu-topo

Há um amor enorme nos cuidados ao nosso bebé. E é recíproco.

sexta-feira, setembro 14, 2018
Agora já deixo a Madalena a brincar no banho com os manos sem preocupações. 
E é aquela altura em que sinto que o meu bebé cresceu e que me chega uma nostalgia gigante.
Para escrever este texto tive de me recordar do dia em que ela nasceu. Do primeiro banho na maternidade. Aqueles bracinhos e pernas tão fininhas. Aquele cheiro. 
De quando os manos a conheceram. Do voltar a sentir dúvidas, mesmo sendo já considerada uma mãe experiente. 
Do chegar a casa com o meu terceiro filho. De como foi crescendo e de como foi bom cuidar dela. Pôr creme, lavar o corpo, sentir aquela pele maravilhosa que um bebé.
Apesar de um terceiro filho trazer com ele uma azáfama boa (e às vezes não tão boa) a parte da pele é algo que guardo com um enorme carinho e prazer.
Há um amor enorme nos cuidados ao nosso bebé. Mútuo. 
Acho que vou sempre recordar este cheirinho, mesmo que agora seja noutros. bebés, que não meus ;)) com uma nostalgia enorme.
Acontece isto com os cheiros mais emocionais. É uma coisa que fica marcada na nossa memória. Esta é tão boa que acho que vou guardar sempre uma embalagem em casa. 
Assinado: Uma mãe nostálgica. ;)
[O que não gosto mesmo de ter dúvidas é nas marcas que escolho para eles. Principalmente quando são bebés.
A pele deles é super sensível. E é bom confiarmos numa marca. Obrigada baby Dove por esta jornada. Vamos continuar por perto porque a Madalena será ainda baby por o tempo que a última filha merece].
#mãesreais #babydove

Sem comentários:

Enviar um comentário