Bebés, crianças e o «Bicho-Papão» da internet

Tempo de leitura: 2 minutos
É o desafio
dos pais dos tempos modernos.
Postar, partilhar, gostar
são conceitos recentes
que nem sempre obedecem 
às políticas de privacidade.
Há quem não se importe
de revelar a vida, a cara, as rotinas da família!
A verdade é que a internet é um universo gigante
que agora habita no mundo
dos grandes e dos mais pequenos.

As redes sociais
são uma porta escancarada
para a nossa vida

os «MAUS» andam por aí…
Proteger os mais novos
é um dever dos crescidos
e se há partilhas inofensivas
outras podem representar
uma ameaça na paz e na segurança
das crianças.
No Youtube, por exemplo,
há pais que chegam a ganhar dinheiro
com as gracinhas dos bebés.

(este aqui em baixo
do Charlie
foi visto quase 400 milhões de vezes!
Dá para acreditar?!)

E apesar de deliciosas…
 Será que isto está certo?!
Para onde irão
e em que mãos andarão
as carinhas e os feitos
dos nossos seres mais precisosos?!
A quem pode chegar
e que interesses tem essa pessoa?!
Onde e quanto tempo
ficam armazenadas
as informações
(mesmo depois de apagadas)?!
Até que ponto o nosso dia-a-dia
pode ser descortinado?!
E quando crescerem?
Como protegêlos?!
É tudo uma questão de bom-senso
e há que ser descontraído,
claaaaro!
Mas nunca relaxar
nas regras básicas
da protecção on-line.
Uma curiosidade!!!
Sabem qual foi o assunto que 
em 2011 recebeu mais Tweets?! 

O anúncio de gravidez da Beyoncé!
O TWITTER registou 8.868 posts sobre o tema…
por segundo!!!
MY GOD!!!
Internet Rules!
DICA DE MÃE
Não divulgue informações pessoais como:
números de telefone, nomes completos, moradas e nome das escolas
Evite fotos no banho ou que expõem demasiado o corpo da criança
Exija que o resto da família cumpra as suas regras
Restrinja os acessos da criança à internet
Lembre-se que quanto mais velha for a criança mais fácil é reconhecer a sua fisionomia mais tarde

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *