Dilema, conselhos e consolo

Tempo de leitura: 2 minutos

Isto é o que hoje me traz a este espaço de mães, pais e amantes de bebés.
E não é que a febre do meu pequeno teima em não abandonar a casa.
Já vai para lá dos 39º, o que para uma pessoa como eu que com 37,5º está à morte, me está a deixar bastante stressada.

(ESTA FOTO NÃO É DE AGORA, MAS GOSTO TANTO!!!)
Eu sei que se algum médico ler isto me manda dar uma curva, mas… a culpa é de quem?!
DENTES!!!
Sim, já sei que os dentes não dão febre, nem os põem doentes. Quer dizer, não sei, mas finjo que acredito.
A explicação científica diz que os dentes apenas os deixam fragilizados e, por isso, mais abertos a todos os tipos de infecção!
Ora, eu não quero saber se é devido a, ou originado por… A verdade é que eles estão metidos nesta confusão… e nas gengivas do meu bebé!
Tem 1 ano e 2 dentes em baixo que só nasceram aos 11 meses. – Sim, os meus filhos são um bocado lentos no que diz respeito à dentição.
Ora, para além de eu ter de lidar com tudo isto e, claro, não o querer largar, devia estar agora a caminho… do PORTO!!!
Amanhã estava tudo previsto para ir à Praça da Alegria da RTP.
Até tinha motivo mais que suficiente para me baldar, mas…
a produção está a preparar mega surpresa, o que não me deixa grande alternativa.
Estou a ponderar ir amanhã de madrugada mas, porque vou de carro, acho que era mesmo violento.
Já pensei levá-lo mas ele não iria ter as melhores condições para fazer uma viagem assim.
Estou a tentar um esquema para me safar desta, sem me crucificar.
E isto fala aquela que em 3 anos dormiu só duas vezes longe da filha e uma do filho, e por motivos profissionais.
Se se lembrarem de alguma coisa…
Ass. Mãe com o coração nas mãos!
 

1 thought on “Dilema, conselhos e consolo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *