Sushi…

Tempo de leitura: < 1 minuto

fotografia.JPGMorreu! Tinha-o há uns 8 anos e, por mais estranho que pareça, fiquei triste… É que era com ele que eu caçava com gato, já que não posso ter um cão. O sashimi – seu ou sua companheira – morreu logo, mas este acompanha-me desde solteira. ( Foram dois adereços de um centro de mesa de um jantar chique e que foram renegados depois do repasto)… Uma vez previ-lhe o fim depois de uma queda aparatosa durante a lavagem do aquário. Entre vidros e gritos, sobreviveu mas ganhou um tumor que estranhamente desapareceu quando a girl nasceu! Agora, era ela quem lhe dava muitas vezes comida e o boy gostava de o espreitar. Acredito à séria que os animais podem trazer um sentido de responsabilidade e de proteção às crianças e motivei muito que os cuidados por parte deles fossem frequentes e sistemáticos. Sim, era só um peixe do mais básico que há, mas aqui fica a homenagem! Houve uma altura em que achei que ia durar para sempre, afinal… até os fortes morrem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *