A estratégia da pequena…

Tempo de leitura: < 1 minuto

… etarra!
Anda sempre na guerra de querer o cabelo comprido.
Já quis como a Rapunzel e mudou de ideias quando lhe disse que aquilo ía dar muito trabalho a secar. Depois passou para o tamanho estilo Ariel.
O pai não acha grande graça à ideia porque diz que ela fica mais querida com cabelo mais curto – nada contra – e que assim dá muito trabalho, mas em mim já encontrou uma aliada. E acho mesmo que ela ia mandar um grande estilo assim pelo meio das costas.
Corto-lhe só a franja e vou vigiando as pontas e corto só ao milímetro!
Andamos a disfarçar as bocas que levamos (é ver-nos rapidamente a mudar de assunto) mas a farta cabeleira anda a querer denunciar-nos!
Agora perguntei-lhe o que achava que devíamos fazer para convencer o pai para a deixar ficar com o cabelo maior… ao que ela responde:
– Podíamos dar-lhe um murro no nariz!!!

(Onde é que eles aprendem estas coisas?!?)

10 thoughts on “A estratégia da pequena…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *