Me and my Girl.

Tempo de leitura: 3 minutos
Temos passado muito tempo juntas. E agora que a vida vai tomar o seu curso, percebi que sinto alguma tristeza em deixá-la ir e que tinha de registar estes momentos. 
Anda feliz, feliz, porque vai ser mana outra vez. E a sonhar com uma menina. Claro. 
Por outro lado, andou triste. 
A história do cotovelo tornou-a mais insegura e mais dependente. Voltou para baixo da minha asa outra vez e temos andado coladas como se tivesse regressado para a minha barriga.  Eu sofri por ela. Trocava [como fazem os pais] tudo, para que ela não tivesse passado por três cirurgias, dois a três meses para juntar polegar com indicador, um ano para esticar o braço completamente, fisioterapia, medos… 
Este bebé que tenho na barriga não teve grande atenção no início, comeu comida de hospital, não petiscou de duas em duas horas, sentiu a mãe remexer-se muitas vezes enquanto dormia numa cadeira  à cabeceira da cama dela, e sentiu – de certeza – alguns momentos de muita ansiedade… 
No meio deste cenário, sinto que nasceu aqui uma ligação especial. Uma coisa boa entre 3 seres que se interligaram fortemente durante um tempo de stress. Ficámos mais próximas.
E assim ficam as fotos para me lembrar desta odisseia que começou a 17 de outubro e que, apesar de  estar longe de terminar, também nos deixou coisas boas.
P.S. 1 – Fica também foto dos dentes de cima, que estão teimosos a cair, mas muito engraçados.
P.S. 2 – O cabelo fui eu que cortei de forma caseira mas foi ela que pediu o look. Depois de séculos a querer à Rapunzel, inistiu que já chegava. É mesmo mulher. 😉

8 thoughts on “Me and my Girl.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *