Como me (des)organizo a trabalhar a partir de casa.

Tempo de leitura: 2 minutos
Bem… este é “O” desafio. 
Ter um horário, não me dispersar, nem me deixar dispersar, estabelecer um horário. Fazer respeitar o meu trabalho que lá por ser em casa não deixa de ser um trabalho. Deixar muuuuito claro os limites. Ter prazos e o calendário bem definido. 
Dividir muito bem o que é lazer e o que é negócio. Não perder muito tempo com o que não me vai trazer retorno.
Por enquanto são só projetos, mas quando a aventura começar tenho de estar no ritmo frenético de juntar business e pleasure (sem endoidecer).
Parece simples? Não, não é nada fácil.
Há sempre alguém que precisa duma boleia, uma amiga que quer beber café (super válido!!), a casa por arrumar…
E as idas ao frigorífico?? Para além da organização ainda tenho de ter cuidado para não engordar 500 kgs com esta brincadeira de estar tão perto da cozinha.
O que faço de manhã (porque de cedinho é que as coisas rolam*) é isto:
Visto os miúdos (ou ajudo a vestir), dou de mamar, dou pequenos almoços, deixo a casa a arejar e levo-os à escola. Regresso a casa, faço as camas. E só isto. Só para não ficar tudo com mau aspeto, mas não faço mais nada. Pego ao serviço como se o tivesse que fazer fora de casa. E só pego na casa como se tivesse saído do trabalho. Igual a uma mãe que trabalha fora.
Marco horas para me levantar da secretária. Quando tenho reuniões ou algo assim tento juntar tudo para o mesmo dia e locais próximos. Assim dinamizo esse tempo.
Férias vão passar a ser comigo, e talvez a bebé saia este mês da escola para economizarmos… e aí é que vai ser o GRANDE desafio. Como vou montar um ATL cá em casa, sendo eu a única monitora, e manter a coisa rolar?
Como fazem vocês? Há dicas Stay-at-home Mom?

 * Ou como ensinei os meus filhos: As manhãs são de ouro.

(Bolas mais uma foto do tempo da pedra. Foi tirada pela Mariana Sabido para o primeiro livro. Ou seja, há séculos mesmo. Repara-se pelo telemóvel e pela ausência de rugas. ;))

6 thoughts on “Como me (des)organizo a trabalhar a partir de casa.

  • Não é nada fácil, pelo menos para mim não, e já levo nisto há três anos! É preciso ser-se muito focada e determinada e eu nem sempre o consigo ser.
    Em casa, há mil e uma distracções e sem dar conta estou a misturar águas, deixo as tarefas de casa meterem-se pelo caminho ou então prolongo os horários de trabalho "mais um bocadinho".
    Acredito que a Rita consiga, vai conseguir de certeza!
    Eu vivo numa batalha constante com isto tudo mas não desisto!
    Beijinhos grandes 🙂

  • Olá Rita, eu sou freelancer há vários anos e tenho 3 filhos (7, 3 e 14 meses) e digo-lhe que é uma questão de rotinas e de prazos, definidos por nós. Manter os objectivos diários, semanais bem focados e ir gerindo… É preciso força de vontade e foco. Agora tirar a pequenina da creche… Na minha experiência vai ser um desafio e tanto! Quando eles são bebés ainda se consegue trabalhar, mas a partir de certos meses, em que eles já são mais "gente", mais activos, querem é conversa e brincadeira… Eu optei por ter os meus na creche. Na última filhota vinguei-me e parei 8 meses!!!! Só eu e os meus filhos, e a minha bebé… a minha última filha! Foi opção porque como a creche só começava em Setembro não fazia sentido passar o verão em malabraismos loucos e assim foquei-me na criançada e depois voltei em força quando começou a escola! Vou buscar cedo às escolas, por volta das 17h, tenho esse privilégio de ser quase dona do meu tempo, e quando eles estão na escola/ creche foco em absoluto no trabalho, depois vou buscá-los e temos o nosso tempo. Depois regresso ao computador depois das 22h para acabar algum dos objectivos do meu dia que tenha ficado por acabar… Boa sorte para os novos projectos!

  • Olá Rita. Também estou a começar a trabalhar a partir de casa e estou com a minha bebé de 6 meses Não é de todo fácil com ela em casa. Entre mudar fraldas, dar comida, eu comer, adormecer… O dia passa a correr e chega a hora de ir buscar o mano… Conseguir sentar-me ao PC para trabalhar mais que 1 hora seguida tem sido um desafio. Acaba por ser tudo à noite e esse é um tempo que queria para mim. Estou a estabelecer rotinas para criar blocos de trabalho eficientes e muito importante para mim organizar o que tenho a fazer em cada dia, pouco mas o essencial para não criar a sensação de não cumprir e ir vendo resultados. Boa sorte e tudo a correr bem ��

  • Pense mais um pouco na questão retirar da creche… com ela em casa não irá conseguir fazer absolutamente nada… Apenas enlouquecer… Entende a ideia???? Eles querem muita atenção e merecem… Pedem muito a presença de um adulto… Será que vai resistir?
    Bj

  • "Há sempre alguém que precisa duma boleia, uma amiga que quer beber café (super válido!!)"… só pra dizer que enfiei completamente a carapuça!!!! ��

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *