Adeus verão eterno.

Tempo de leitura: 4 minutos
[Vamos ter saudades.]
O verão em que aprendi a só estar. A andar à deriva da vida dos meus. A parar. 
O verão que foi duro e espantoso e que foi uma lição.
O verão que me fez perceber e assimilar a minha nova forma de viver.
Que passei a estar 3 meses com eles em vez de 1. Que tive de me esquecer tantas vezes das minhas coisas por eles. Mas que ganhei tanto.
Onde ralhei mas também sorri demais.
[E depois a Maria outra vez a dar rodas como se nada se tivesse passado naquele cotovelo.
Só há que agradecer.]

1 thought on “Adeus verão eterno.

  • as fotos são no geral todas lindas mas, na minha opinião, ganhava se reduzisse em número e fizesse uma seleção mais apertada já que algumas (muitas) são praticamente iguais….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *