A Primeira [Comunhão]

Tempo de leitura: 3 minutos
E, assim, a minha girl mais velha fez a primeira comunhão.
Foi um dia lindo e tive ali um momento em que quase ia chorando. 
Acho que nunca tinha contado isto aqui… 
Mas desde que nasceu que a miúda segue o seu destino com uma força e coragem surreais. Não se queixa. É surpreendentemente forte.
Por ter nascido de uma cesariana a ferros, vinha um bocado maltratada.
Nem consigo bem contar isto. Mas sofreu a minha bebé.
Tinha hematomas no corpo e, poucas horas depois de nascer, tivemos de cortar as pulseiras do hospital porque ela inchou de tal forma que as pulseiras começaram todas a apertar.
E nem aí chorou.
Depois é, desde aí, assim.
Muitas acompanharam quando partiu o cotovelo em bocadinhos e como vivemos durante um ano em tratamentos, fisioterapia e três operações.
Passou-as. Passa-as a todas sem olhar para trás.
E, por isso, quando a vejo sem o mínimo de impasse, duvidas, vergonhas a confessar-se, a comungar,  a dar pinos e rodas, há uma ternura e um orgulho enormes a saltar dentro de mim.
Hoje emocionei-me. Que Deus a vigie e lhe permite ser sempre e para sempre assim.

Pessoas que tenho de agradecer muuuuuuiiiitttooooo:
Vestido maravilhoso de Primeira Comunhão Pureza Mello Breyner
Top e calças [minhas] Vintage Bazaar
Santinhos [reparem na “oraçã[email protected]Violeta cor de rosa
Sapatos Moleke

PS. Queria ter tido tempo para arranjar o meu cabelo e cortar a franja dela. Não deu. Repetimos no Crisma [espero que seja da parte da tarde. lol]. 😉

5 thoughts on “A Primeira [Comunhão]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *